Voidnaut

Entrevista Voidnaut

Por: Virginia Correia

Hintf: Muito obrigada por nos darem a possibilidade de fazer esta entrevista. Podem-nos  explicar como tudo começou e como surgiu a ideia do nome Voidnaut?

Foi algo que realmente apareceu assim das nossas cabeças. Para romantizar um pouco mais a coisa, podemos dizer que quando nos juntamos para explorar as nossas capacidades musicais, decidimos que o nome tinha de reflectir isso. Depois da ideia surgir foi só ajustar o nome que melhor se adaptava.

Hintf: Numa palavra como é que vocês definem a vossa música?

“Refrescante”? “Forte”? Ou talvez “Real”? Para nós acho que todos na realidade. Isto é algo que nós realmente gostamos de fazer e isso vê-se quando tocamos. Isso não quer dizer que “fazemos melhor do que os outros”, mas essas palavras sentem-se quando nós quando tocamos … e esperamos que as pessoas que ouvem a nossa música sintam a mesma energia.

Hintf: Quem são as vossas principais influências e que género que música é que vocês ouvem habitualmente?

Como vocês provavelmente já sabem, nós gostamos realmente do chamado American modern metal. O tipo de música que nos carrega com um soco sem ser demasiadamente complexo.

Tipo … Distubed, Pantera, Five Finger Deathpunch, esse tipo de banda. No entanto, cada um de nós tem o seu próprio gosto musical. Eu pessoalmente ouço Death, Prog, Stoner, Darkwave, Electrónica (sim, isso), EBM (isso também), etc etc.

Então, em resumo, apesar de estarmos em todo o lado mas encontramo-nos sempre naquilo que vocês ouvem no nosso álbum.

Hintf: O que é que vos inspirou a fazer música juntos?

Diversão. Pura e simples. Nós divertimo-nos imenso juntos, somos óptimos amigos dentro e fora do estúdio. Não há delírios de grandeza e de que vamos ser a melhor banda do planeta (apesar de trabalharmos tanto). Queremos nos divertir, fazer boa música e fazer com que os nossos fãs e as pessoas que ouvem a nossa música, gostem e se esqueçam dos seus problemas diários…o que na realidade a música devia ser.

Dito isto, se em algum momento nos aparecer uma grande oportunidade e os desafios aparecerem à nossa frente, teremos todo o prazer em agarrá-los pelos chifres.

Hintf: Como é que a vossa música evoluiu desde a formação da banda?

Eu diria que não evoluiu muito. O som é provavelmente um pouco diferente desde que a banda se formou mas não a ponto de se dizer “é uma banda diferente”. O nosso próprio som está lá desde o início.  

Hintf: Para vocês qual é a vossa melhor música e porquê?

Hmm! Eu não gosto de escolher. Acho que a melhor música de Voidnaut ainda não foi escrita. Há muito potencial ainda. No entanto, se eu realmente tivesse mesmo que escolher uma, eu diria “This pain of mine”. Tem um dos melhores riffs que eu já ouvi.

Hintf: Na vossa opinião, porque é que é importante tocar ao vivo?

Fácil. As pessoas divertirem-se. As pessoas a disfrutar e a dançar ao som da nossa música. Quando tocas e vês a multidão a disfrutar, isso entra na tua própria psique e dá-te uma subida de adrenalina tão grande que queres continuar a fazer mais e melhor para eles. Criar coisas que queres apresentar ao vivo, para que as pessoas venham ouvir e interagir contigo. Isso é o que alimenta a vontade de continuar a criar e a procurar coisas novas para apresentar.

Hintf: Se vos dessem a escolher um único objetivo a atingir na vossa carreira, qual seria?

Para fazer muitos álbuns que persistam no tempo. Eu quero que a nossa música se mantenha viva e as pessoas continuem a desfrutar dela no futuro. Isso leva-me atrás quando disse que a nossa música podia ser caracterizada como “Real”. Música que desperta algo dentro de ti depois de um longo período de tempo e não é uma coisa efêmera apenas para consumir e passar para a próxima coisa. Há muita “música consumível” nos dias de hoje. Música criada para ter o seu tempo curto do centro das atenções, fazer um dinheirinho rápido e seguir em frente. Isso não é sobre isso, se você me pegar.

Hintf: Qual o conselho que dariam a pessoas que querem formar as suas próprias bandas?


Apenas toquem. Como o Grande Dave Grohl colocou, “Entre em uma garagem juntos, pegue seus instrumentos e suuuuuck.” Lol! É claro que o que o homem quis dizer com isso não é se importar inicialmente se você fizer uma música ótima e / ou correta, mas se divertir até começar a entender qual deve ser sua direcção. Assim que você começar a encontrá-lo, você sairá da sua fase de caminhada, começará a correr e, eventualmente, voará. Quero dizer, apenas junte-se e jogue. Faça coisas que façam sentido para você e não o que é moderno e afins. A verdadeira identidade é algo muito escasso e se você começar a apresentar isso para as pessoas, elas vão gostar de você por isso.

Hintf: Quais os vossos principais interesses/hobbies para além da música?

Há muitas coisas que faço ao lado de músicas que realmente deixam de fora algum tempo livre. Astronomia, mergulho, cinema / série assistindo, Crossfit, vídeo / edição de imagens para citar alguns. A música toma a maior parte do meu tempo, no entanto.

Hintf: Se os vossos fãs vos pudessem recordar só uma coisa sobre vocês, qual seria?

Que 3 de 4 de nós são chamados de “Kostas”. Brincadeira, mesmo que seja verdade. Bem, eu realmente espero que eles se lembrem de mim e as bandas com que eu interpreto pelo que eu estou atualmente lhes dando. Toda a boa música e todas as vibrações que foram realizadas. Quando faço shows, há sempre muita energia e a sensação de prazer nela. Então eu gostaria que isso permanecesse com as pessoas.

Hintf: Qual a vossa opinião sobre Portugal?

Bem, sem opinião pessoal, sinceramente. Eu tenho um amigo português que mora aqui em Atenas há alguns anos. Se eu tivesse que julgar de acordo com ele, eu diria que gosto muito de Portugal! Eu adoraria tocar para você algum dia! Dedos cruzados!

Hintf: Conhecem alguma banda portuguesa?

Moonspell, claro, que eu gosto muito. Eu toquei ao lado deles em um festival na Itália! Óptimo pessoal!

Hintf: Por ultimo, uma mensagem para os vossos fãs em Portugal e para todos os nossos leitores?

Rapazes! Lembre-se porque você ouve a música que todos nós amamos. Não há discriminação entre nós; O metal nos une e nos une. Se você jogar, jogue a porra do seu coração. Se você não o fizer, mesmo assim escute com a mente e o coração abertos ao que nós, músicos, damos a você. Além do Voidnaut, há muita música incrível por aí.

Se quiserem ajudar a trazer mais, agradecemos por isso. Eu realmente espero que possamos ir até lá e agitar para você e com você.

Felicidades para todos!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.