Deceptic “Continuum Unknown”

Banda: Deceptic
Titulo: “Continuum Unknown”
Editora: Dead End Exit Records // Roasting House Records
Data de Lançamento: #03_Maio_2019

Não obstante os oito (8) anos de idade e as tours pela Europa entre 2015/2016, os Suecos Deceptic carecem de visibilidade e reconhecimento além-fronteiras já que no seu território o cenário é levemente diferente. Se o antecedente longa duração “The Artifact” (2014) pronunciou apontamentos no mínimo valorosos, a novidade no mesmo formato titulada “Continuum Unknown” expressa outra idoneidade musical.

Ao terceiro registo – se contabilizarmos o debut EP “Deceptic” (2011) – o colectivo proveniente da capital do condado de Gotalândia Ocidental e a sede da comuna de Gotemburgo beneficia de uma familiar mistura de ritmos alucinantes de guitarra e bateria, em consórcio com discrepantes elocuções e coros incriveis. Os trinta e sete (37) minutos aproximados divididos por dez (10) temas que progressivamente recheiam “Continuum Unknown”, adoptam o novo guitarrista Fredrik Dante Landau que motiva outra energia.

A polida e continuada paisagem sonora emitida pelos sintetizadores provocam a falsa sensação de relaxamento, divergindo com as batidas rudes e talentosas, e o duplo ataque vocal. O vórtice das guitarras com a pulsante bateria oportuniza um groove com breakdowns impossíveis de compreender na sua complexidade.

Embora – ainda – sem a notoriedade perseguida, o lustrado Modern Melodic Progressive Metal interpretado pelos Deceptic é meritório de uma oportunidade. Se “Continuum Unknown” é um álbum metafisico? Não, mas é deveras envolvente, congruente, e tentador a uma audição cuidada para retirar o melhor que tem para oferecer.

Pontuação: 7,5/10
Por: Mário Filipe Pires

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.