Nightrage

Entrevista: Nightrage (Marios Iliopoulos // Guitarra)
Por: Miguel Ribeiro

Hintf: Obrigado por responderem a esta entrevista! O que nos podem dizer sobre a história da banda?

A banda começou em Thessaloniki, na Grécia, em 2000, depois que minha antiga banda Exhumation foi dividida e eu queria continuar tocar. Já tivera uma experiência com gravações dos Exhumation 3 álbuns na Suécia e conheço a conhecer a cena um pouco. Então, quando nós tivemos uma demo com 4 músicas, nós a enviamos para Fredrik Nördstrom do estúdio Fredman (que eu conheci anteriormente e gravei com Exumation) que a demo provocou a ideia de eu me mudar permanentemente para a Suécia e começar a procurar bons músicos. Eu posso te dizer que esse foi um dos maiores riscos que eu tomei na minha vida ao mudar-me para a Suécia, deixando tudo para trás, minha cidade natal, amigos e trabalho e eu tinha apenas um objectivo em mente para gravar o primeiro álbum dos Nightrage, eu posso dizer que eu estava sozinho e enfrentei muitas dificuldades, uma casa e um trabalho para sobreviver. Muitas pessoas que eu conheci pensaram que eu estava louco ao deixar um país que é tão quente e agradável e vir morar na fria Suécia só por causa de uma banda de metal underground, que nunca sabes se isso nunca vai chegar a lugar nenhum. Poderia ser definitivamente um fracasso, porque nunca sabes com as coisas o que vão ser,tens que tentar e fazer o teu melhor. Mas por uma razão e porque eu sou muito determinado e nunca decepciono os meus sonhos, eu consegui gravar o álbum “Sweet Vengeance” no estúdio Fredman por tempo indeterminado de gravação porque o Fredrik gostou das músicas que nós tínhamos e então encontramos uma óptima editora como a Century Media para assinar a banda, então não foi um risco para o estúdio no final, mas para nós foi uma grande chance e o nascimento de início de algo que acabaria sendo a nossa vida, no topo de que tivemos grandes músicos como Tomas Lindberg e Per Möller Jensen tocaram no álbum. Aí conseguimos gravar mais álbuns “Descent Into Chaos” para Lifeforce e fazer mais 3 álbuns, “A New Disease Is Born”, “Wearing a Martyr´s Crown” e “Insidious”, e mudar. Para a Despotz Records e fazer mais 3 álbuns, “The Puritan” “The Venomous” e o novo álbum “Wolf To Man”, eu sinto que é um óptimo passeio até agora com os altos e baixos, nós tocamos muitos concertos que temos que conhecer tantas pessoas óptimas e dividir o palco com grandes bandas, mas uma coisa que nunca mudou foi que nunca esquecer e esquecer o sonho e a meta que eu tive desde o começo de tocar a música que eu amo e espalhar nossa mensagem em torno do mundo. Então, para mim, eu já sinto que tenho ganho muito e sinto-me rico e feliz com memórias e álbuns que ficarão esperançosamente para que as pessoas tenham a hipótese de ouvi-las. Eu poderia falar sobre a história desta banda para sempre e talvez um dia depois de muitos anos eu deveria escrever um livro, isso seria interessante.

Hintf: O que significa o nome Nightrage, porque o escolheram?

Nightrage é um título de uma música que vem do último álbum de Exhumation “Traumaticon” Eu lembro queria dsar nome à banda Traumaticon mas omeu colega de banda na época Gus G teve a idéia de Nightrage como ele achou um pouco mais dark e se encaixava melhor com o conceito da banda. Nós temos outra nova música no novo álbum chamada “Embrace The Nightrage” que fala sobre o facto de que nós, como seres humanos, temos uma escuridão total dentro de todos nós. Isso não é nada que possamos negar ou fugir, de modo que podemos também abraçar a chamada interior do escuro da noite. Nosso Nightrage! Então é uma boa explicação do que o nome significa para nós também.

Hintf: Vocês definem o vosso som como Death Metal Melódico, porquê?

Isso é o que estamos a tocar uma mistura de brutalidade, vozess rosnadas, gritos e melodias, e guitarras de 12 cordas. Todos esses elementos criam o nosso próprio som e nós estamos a seguir esse caminho por muitos anos, é o que vem naturalmente para nós sem tentar muito. Esta jornada até agora a tocar com a banda é um óptimo passeio e eu sinto que temos muito mais álbuns e ideias dentro de nós e os melhores álbuns serão os próximos. Nós amamos a música que fazemos e nosso objectivo é que a música que estamos a criar seja cheia de energia, não é apenas uma parede de som de riffs de metal e vozes a gritar, então estamos procurar um equilíbrio, mas seja qual for nós sempre tentamos não esquecer o elemento metal na música e de onde estamos a vir, e o que gostamos de ouvir como fãs da música que estamos a tocar. É fácil cair em numa armadilha e perder-se ao seguir tendências de merda, mas para nós é realmente importante ser honesto e directo quanto possível, sem desculpas, estamos orgulhosos do facto de ainda fazermos esse tipo de música. depois de muitos anos de luta, porque não é fácil estar no nível underground  que somos e sobreviver. Nightrage é uma banda pequena e também acho que há tantas pessoas que não ouviram falar de nós até agora, então o potencial está lá para nós tentarmos fazer o melhor que pudermos para alcançar esse nível que merecemos estar. Então death metal melódico para nós é divertido, um modo de vida e nós sempre aprendemos e tentamos evoluir nosso som para que ele não pareça obsoleto e nós o mantemos actualizado e interessante para nós e para nossos fãs.

Hintf: Muitas mudanças de formação?

Grande pergunta aqui,a banda tem tido muita gente vem e vai todos esses anos e eu sou o único membro sobrevivente desde o início. Eu diria que para mim todas essas mudanças de formação eram necessárias para que pudéssemos seguir em frente, então basicamente para mim se traduz em sobrevivência e ir para o próximo objectivo e álbum. Eu comecei esta banda e estava sozinho desde o começo quando nós gravamos o primeiro álbum com os membros da sessão, e sempre a partir daquele momento eu procurava as pessoas certas e eu era um pouco ingénuo em dar as boas-vindas às pessoas que achei que ajudariam a banda, mas acabaram por ser realmente os errados na maioria das vezes, ou isso ou pessoas à procura de apenas mais uma oportunidade ou tentando fazer dinheiro e fama. Eu também sinto que também é culpa minha que eu os coloquei na banda e eu precisava ter sido mais duro com minhas decisões e não confiar nelas, se olhar de fora muitas pessoas pensariam que eu sou uma pessoa muito difícil de se trabalhar,ou algo assim quando na verdade eu estava sempre a tentar ajudar essas pessoas e fazer o melhor para elas, mas isso não era suficiente. Desejamos-lhes o melhor de qualquer maneira sem ressentimentos aqui, desejo que tivessemos a formação que temos agora desde o início e que teríamos uma sorte diferente. Mas nós estamos aqui agora e eu aprendi com a minha experiência que é difícil encontrar pessoas que vão amar a música e a banda da mesma maneira que eu, mas eu sinto que estamos lá agora com a formação que temos agora. As pessoas que temos agora na banda eu também considero amigos e isso é muito importante para nós, é uma família agora e nós sempre nos divertimos a trabalhar juntos, e há respeito mútuo entre nós que torna a banda mais forte.

Hintf: Como acham que vosso novo álbum “’Wolf To Man’ será recebido por seus fãs e pelos media?

Até agora temos um óptimo feedback dos fãs e dos media eles adoraram o primeiro single que lançamos “By Darkness Drawn”. Então, estamos muito animados agora e não podemos esperar que as pessoas escutem as novas músicas e a aceite. Vamos lançar mais alguns singles e vídeos antes do lançamento do álbum, que será no dia 29 de março. Então vamos esperar pelo melhor. Nosso próximo single, “The Damned”, sairá em breve e também o vídeo da música mais tarde, então estamos a planear lançar outro single, e finalmente outro lyric video de outra música, então as pessoas terão que ouvir muitas novas músicas antes o lançamento real do novo álbum.

Hintf: Contem-nos mais sobre a cena musical em Thessaloniki / Grécia, Uppsala / Suécia…

Em Thessaloniki há muitas bandas que tocam constantemente e a cena está a crescer muito. Há diferentes estilos de bandas e bares que as bandas podem em palco no palco. Eu acho que se eu olhar muitos anos atrás e como a cena costumava ser, definitivamente evoluiu muito e ficou melhor graças à internet e que tudo on-line e podem aprender muito mais rápido. Uppsala também tem muitas bandas e uma vem à minha mente a outra banda de Ronnie, Always War, que eles estão a tocar hardcore metal. Eu acho que na Suécia em geral há muitas bandas e o sistema ajuda os artistas a crescerem e serem mais criativos, é muito diferente da Grécia, onde uma banda tem que tentar aqui 10 vezes mais para alcançar certos objetivos. toda a estrutura e tudo o que está organizado é muito melhor, e isso explica por que existem tantas bandas óptimas e também palcos e estúdios que podem suportar a cena.

Hintf: Como é trabalhar com a Century Media?

Eles são com certeza uma óptima editora e eu agradeço pela hipótese que eles nos deram de lançar os dois primeiros álbuns dos Nightrage. Eles são muito profissionais e exigentes às vezes, mas é assim que deve ser e eu gostaria que eles nos dessem outra chance como quando precisamos disso no passado. Por enquanto temos a Despotz que eles são uma grande equipa de pessoas que amam a música e oferecem coisas optimas à banda. Nós estamos felizes com eles e com “Wolf To Man”, é o nosso último álbum com eles depois do acordo de 3 álbuns. Nós não sabemos se vamos continuar com eles ou encontrar uma nova, mas isso é apenas uma questão de tempo para nós sabermos.

Hintf: Quais bandas mais vos influenciaram?

Meus heróis são as bandas de metal mais antigas como Iron Maiden e Metallica e eu acho que essas duas são minha principal influência quando se trata de metal, há muitas outras bandas que eu gosto, e eu ouço todos os tipos de bandas antigas e novas, e o que eu gosto é que também há grandes bandas que podem fazer óptimas músicas. Eu amo as bandas de thrash dos anos 80 e também a cena death metal da Flórida, bandas como Sepultura e Pantera também me causam um grande impacto com as suas músicas ultra ferozes,death metal melódico sueco, bandas como At the Gates,Dissection sempre foram uma influência para mim e eu gostaria que os Dissection ainda estivessem por aí, porque eles eram um dos melhores que a cena já viu.

Hintf: Quais são os planos para o futuro, podemos esperar um concerto em Portugal?

Sim, isso seria óptimo, queremos voltar a Portugal e tocar ainda mais concertos, o último foic om Voivod e foi ótpimo. Estamos a planear fazer alguns concertos gregos agora e também uma tour Europeia, nós confirmamos nossa primeira aparição no Warhorns festival no Reino Unido no dia 30 de agosto de 2019. Estamos a planear também mais datas no UK em torno do festival e nós também nos interessamos por outro festival na Suíça. Também temos planos para a tour  sul-americana, mais a Ásia e a Austrália, temos uma booker muito boa recentemente, a Artery Global, que ama a banda e eles estão a trabalhar no duro para nós. Fiquem ligados nas  nossas redes sociais para mais novidades em breve sobre as datas ao vivo.

Hintf: Deixem uma mensagem final para os leitores da Hintf Webzine e para os vossos fãs …

Muito obrigado pelo interesse na banda estamos felizes em responder às perguntas e queremos enviar grandes cumprimentos para os nossos fãs portugueses por aí, nos apoiarem e ao novo álbum “Wolf To Man” cuidem-se e nunca esquecer que “Man is Wolf To Man”
Nós amamos vocês todos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.