Vampire

Entrevista Vampire
Por: Miguel Ribeiro


Hintf: Muito obrigado por esta entrevista, por favor, podem explicar quando e como tudo começou?


A semente para o que mais tarde se tornou Vampire foi semeada já em 2009, quando eu (Black String, guitarrista) e Hand of Doom começamos a tocar música esporadicamente juntos. Nós fizemos algumas músicas, mas não aparecemos para fazer qualquer gravação apropriada. Em 2011 decidimos fazer uma mudança no som e pedimos ao Command para se juntar à nossa nova banda “death / thrash metal”. Um pouco mais tarde, o projecto foi baptizado de  Vampire e nossa demo de estreia viu a luz do dia.

Hintf: Porquê o nome Vampire?

Nós achamos que é um nome de banda facilmente compreensível e memorável que dá uma impressão assustadora.

Hintf: Muitos mudanças de alinhamento?

Na verdade não; Nós mudamos o baterista uma vez e costumávamos obter ajuda de dois guitarristas em diferentes ocasiões. Ainda somos bons amigos de todos eles e provavelmente trabalharemos juntos novamente.

Hintf: O que influencia a vossa música e as letras?

As inspirações musicais são Slayer, Morbid Angel, Metallica, Mayhem, Possessed, a cena black metal da Checoslováquia dos anos 1990, Nifelheim e muitos outros.

Hintf: Porquê Death Metal?

Nossa música é provavelmente melhor categorizada como death metal (como death metal soava em “Hell Awaits” em 1985), mas as tags musicais não são muito importantes para nós. Os vampire acabaram dessa maneira porque somos autodidactas nesse tipo de música desde os anos 90.

Hintf: Para quando um novo álbum?


Espero que em 2019. Nós finalmente começamos a tirar novas músicas de um poço profundo de ideias.

Hintf: Como é trabalhar com a Century Media Records?

Eles são bons de lidar, não tivemos problemas dignos de menção.

Hintf: Por favor, conte-nos mais sobre a cena musical em Gotemburgo, na Suécia?

É um bom momento para a música metal aqui por enquanto. Existem alguns grandes clubes com música ao vivo para os headbangers ocasionais. Há pelo menos dois bons estúdios de gravação na cidade. E algumas bandas também, eu acho que meu favorito local seria a banda de heavy metal RAM.

Hintf: Quais são seus planos para o futuro?

Nossos planos são bem humildes. Nosso objectivo é fazer um óptimo álbum e um óptimo concerto no Wacken Open Air em Agosto. O truque em Vampire sempre foi fazer não muito pouco, não muito.

Hintf: Qual a vossa opinião sobre Portugal?

Eu estive no Algarve e Lisboa de férias quando criança (último milénio – em 1995) e foi um bom tempo. História Naval Conquistadores um país na costa da Europa. No entanto, lamento dizer que não sigo o que se passa em Portugal.

Hintf: Imaginem que poderiam ter alguém para ser convidado especial para o vosso novo álbum, quem escolheriam?

Facilmente Michael Denner, Andy LaRoque (Mercyful Fate / King Diamond) ou Petr “Blackie” Hosek (ROOT)

Hintf: Se pudessem ser um animal qual seria?

Agora essa é uma questão que eu não tenho pensado nos últimos 30 anos. Parece terrível ser um animal em qualquer lugar deste planeta assombrado. No entanto, eu iria por ser um cavalo selvagem na Mongólia. Espero que tenha alguma paz de espírito.

Hintf: Definam-se em apenas uma palavra …

Realista,

Hintf: Alguma coisa que gostariam de dizer que não foi perguntada?

Obrigado pela entrevista e “felicidades” aos nossos fãs em Portugal!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.