Suidakra

Banda: Suidakra

Titulo: “Cimbric Yarns”

Editora: AFM Records

Data de Lançamento: 16.Novembro.2018

Não sendo propriamente novatos nas lides musicais, os Suidakra, coletivo alemão agora praticante de sonoridades mais Folk/Death metal, têm revelado ao longo dos seus 24 anos de existência ser das bandas mais genuinamente interessantes de ouvir e caso seja o do ouvinte, de descobrir.

Se nos seus primórdios irromperam por meandros mais obscuros da linha black metal e da agressiva força do death metal melódico, têm no entanto pautado a sua carreira pela originalidade, reinventando-se a cada disco editado, podendo contar-se já 13 os álbuns de longa duração, incluindo o seu último “Cimbric Yarns”.

“Cimbric Yarns” que se compõe de 10 belas canções, é um álbum elegante, melódico, e leve. Tem a leveza harmoniosa de melodias intemporais, como se tempos medievais se houvessem feito de apenas graciosidade e respeito pela Natureza e o Ser em si.

A orquestração e arranjos são delicados e o uso de sonoridades acústicas de instrumentos como o banjo, a viola ou o violino, transmitem paz e serenidade ao ouvinte. O arrojo vocal conseguido entre as duas vozes que não se cruzam nos temas, dão o equilíbrio rítmico num álbum todo ele fluído e inspirado.

As várias dinâmicas de tempos surgem por exemplo em ‘Black Dawn’, um hiato instrumental no tempo e que faz de ponte musical entre as canções escolhidas para este “Cimbric Yarns”, ao passo que ‘Serpentine Origins’ nos apresenta a força da Natureza enquanto Entidade feminina.

Para quem não conhece Suidakra este novo registo é uma excelente forma de abrir apetências à descoberta da sua imensa obra feita, para quem conhece certamente ficará satisfeito com o resultado de mais um ex-libris musical da sua carreira.

Pontuação: 8,4/10

Por: Paula Antunes

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.