Lost in Pain

Entrevista Lost in Pain

Por: Miguel Ribeiro

Hintf: Muito obrigado por esta entrevista,falem-nos um pouco do historial da banda…

Lost In Pain: Muito obrigado, o prazer é todo nosso!
Desde a nossa fundação em 2008 sempre tivemos uma vontade enorme de partilhar a nossa musica com as pessoas la fora e foi essa vontade e garra que nos fez tocar uns 50-80 concertos nos primeiros dois anos de existencia….Foi impressionante, chegavamos a tocar 2 vezes por dia e quase todos os fins de semana desses dois primeiros anos.

Foi muito bom para ganhar experiência de palco sendo que tinhamos entre 13 e 15 anos de idade. Depois de termos ganho o primeiro concurso em que participamos “1ª ediçao do Rock the South” em 2009 tivemos a possibilidade de gravar umas demos num Studio o que nos deu também a oportunidade de tocar em Festivais regionais.
Mais tarde ganhamos o segundo concurso de bandas em que participamos desta vez o Screaming Fields que nos deu um spot no festival de bandas newcomers “On Steitsch” na capital do Luxemburgo.
Em 2010 o nosso entao baixista Andy Fixmer deixou a banda para então entrar a Nathalie Haas que continua connosco até aos dias de hoje.

No mesmo ano fomos para Nancy (França) gravar o nosso primeiro álbum “Lost In Pain” que foi apresentado na Rockhal em 2011 a frente de 400 pessoas que mostraram presenca para apoiar a banda.

Depois do lancamento tivemos a oportunidade de tocar os primeiros concertos fora do Luxemburgo, os maiores festivais do pais e até mesmo ser a banda de abertura dos Xutos & Pontapés na Rockhal mas desta vez na sala grande a frente de 5000 pessoas.

Em 2015 foi o lançamento do nosso segundo album “Plague Inc.”também gravado em França e apresentado na Rockhal com a audiência a subir dos 400 para 450 pessoas.
Na tour desse album tocamos na França, Alemanha e também tivemos o privilégio de tocar com bandas como os Sepultura, Soundgarden, Havok e Alice In Chains.

Depois de varios anos de promoção do álbum “Plague Inc.” Comecamos a trabalhar mais intensamente nas novas musicas do album “Gold Hunters” isso em fins de 2016 e o ano todo de 2017. Depois de dois anos mais dificeis tendo ainda varios membros da banda a estudar no estrangeiro conseguimos finalalmente gravar o nosso ultimo album “Gold Hunters”. Desta vez o album foi gravado no Studio Holtz Sound com Charel Stoltz a mesmo pessoa que nos gravou a nossa primeira demo em 2009.

“Gold Hunters” foi finalmente lançado este ano em Abril. A tour comecou no Luxemburgo em Agosto fizemos a nossa primeira tour em Portugal onde tivemos a oportunidade de correr o Pais de Norte a Sul e tocar em festivais como o Vagos Metal Fest e a Concentraçao de Góis.
Ainda a pocissimo tempo continuamos a tour no Luxemburgo e na França ao abrir para os espanhois dos Angelus Apatrida.

Em Dezembro deste ano vamos festejar 10 anos de carreira e acabar a primeira parte da “Gold Hunters” Tour na Hollanda!

Hintf: Porque o escolheram o nome Lost in Pain? 

Lost In Pain: Isso é uma historia muito engraçada! Deve ter sido em 2005 ou 2006 quando estava a conversar com um amigo que estava a pensar em formar uma banda….Adevinhem o nome que ele tinha escolhido para a banda dele que finalmente nao se chegou a formar?? LOST IN PAIN!!!

Hintf: Como tem sido a progressão a nível de visão/destaque para o vosso projecto?

Lost In Pain: Por acaso tem corrido bem apesar de ser muito dificil sem editora ou qualquer tipo de agencia de promoção. Temos feito tudo com os nossos proprios meios. Não há grande hipotese… há que pegar no material e andar e tocar por onde podemos, este ano foi em Portugal e em Dezembro sera na Holanda. Estamos a prever França, Belgica, Alemanha, Espanha, Portugal e Holanda novamente para 2019.

Hintf: Muitas mudanças de formação?

Lost In Pain: A unica mudança definitiva foi em 2010 quando o nosso então baixista Andy Fixmer  deixou a banda.

Hintf: Como vêem o actual panorama musical no vosso país? 

Lost In Pain: É uma cena que esta a crescer cada vez mais em todos os generos de musica. Mas curiosamente os concertos de metal são muitas das vezes os mais lotados. Viva o Metal!!

Hintf: Caracterizam o vosso som como sendo?

Lost In Pain: Uma mistura de Heavy metal com Thrash Metal e porque não as vezes um touch de metalcore… Para ser franco é muito dificil definir um som que tem Metal, Punk, Thrashmetal entre muitas outras coisas que nos influenciam nas nossas vidas.

Hintf: Quais as pricipais diferenças entre Gold Hunters (2018) e Plague Inc. (2015)/ Lost In Pain (2011)?

Lost In Pain: Uma das grandes diferenças entre os três albums é claramente o songwriting…
Tendo em conta que tinhamos 15 anos de idade quando gravamos o primeiro album a diferenca do Lost In Pain para o Plague Inc. é enorme… As musicas mais solidas e um songwriting mais coherente. Do Plague Inc. para o Gold Hunters diriamos que o nosso som ficou ainda mais “proprio”. O que fez também uma diferença do Plague Inc. para o Gold Hunters foi termos trabalhado em prol de cada musica e não para satisfazer egos individuais o que deu bom resultado a nosso ver.

Hintf: “Gold Hunters” o vosso mais recente álbum,como foi recebido pelos faz e os media?

Lost in Pain: Pelo que ouvimos até agora da parte dos nosso fans e concertos parace ser o nosso melhor album até agora. Tem vendido mais do que os precedentes e os media tambem aderiram ao passar a nossa musica nas radio locais.

Hintf: Como estão a nivel de concertos?

Lost In Pain: A nivel de concertos temos tocado boas salas no Luxemburgo como tambem na França. Este verao fizemos a nossa primeira tour em Portugal e em Dezembro estaremos na Holanda por duas datas além de festejar os nossos primeiros 10 anos de carreira.

Hintf: Quem e o que vos inspira ?

Lost In Pain: Todos os artistas com quem ja tocamos, familiares, amigos e tudo o que nos acontece na vida

Hintf: O que sentiram ao terem ganho os seguintes,Prémios Rock the South ”Best live Performance” e Screaming Fields ”Best live Performance”?

Lost In Pain: Sentimos-nos gratos pelo reconhecimento que nos deram, ja tinhamos tocado muitos concertos e na altura esses premios troceram aquilo de que estvamos a precisar para aquela altura. A gravação da Demo atravez do Rock the South e um Festival na Cidade do Luxemburgo atravez do Screaming Fields.

Hintf: Imaginem,que podiam ser um qualquer super heroi,qual seriam?
Lost In Pain: SON GOKU

Hintf: Definam-se numa unica palavra…

Lost In Pain: GARRA

Hintf: Deixem uma mensagem final aos nossos leitores e aos vossos fãs…

Lost In Pain: Muito obrigado pelo vosso apoio que nos deram nesta primeira tour que ai fizemos!
Estaremos de volta em 2019 e contamos com todos vocês!

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.