NeskÄ

Entrevista NeskÄ         

Por: Miguel Ribeiro

Hintf: Obrigado por responder a esta entrevista! Quais são as suas expectativas quando se iniciou na música?

Olá Miguel! Obrigado pelo tempo dispensado! Honestamente, Eu não tinha quaisquer expectativas quando me iniciei na música! Tocava bateria e baixo no início, antes de me tornar cantora. Eu tinha uma banda underground a HxC , tocava na garagem da casa do meu pai haha, eu era muito nova, 18 anos ou por ai. Quando comecei a cantar tinha 27 anos, o meu primeiro objectivo era simples… apreciar! Mas quando comecei a ver a minha banda a crescer e crescer, além de fazer isto por diversão, eu queria fazer os nossos fãs felizes, quer dizer eu estava a fazer musica para mim mesma, para curtir, mas também para o público. Precisava de mais trabalho, envolvimento e tempo da minha parte. ´

Hintf: Quem é NeskÄ?

NeskÄ é como me chamam desde que moro no País Basco. “Neska” significa miúda em Basco. Quando toco em concertos ou vou ver espectáculos, as pessoas chamam-me Neska, é engraçado porque os que não entendem basco, acham que é o meu nome haha.

Quando comecei os meus projectos pessoais, decidi usar o nome de Neska, colocando “Ä” para lembrar a grafia do meu pais de origem – França. É isso.

Hintf: Quais a principais diferenças de agora para quando começaste?

A cantar? Ufff. Muito! No inicio comecei a cantar “scream/growl” só por diversão, quando tocava com os meus amigos aos sábados à noite. Mas, eu não usava a melhor técnica, assim no dia seguinte eu estava mal, haha, a minha garganta doía um bocado. Então, pouco a pouco comecei a fazer exercício de aquecimento e procurei no you tube por algumas técnicas, fui a aulas de canto, conversei com outros cantores e praticava todos os dias! Até que conseguisse cantar uma set list inteira sem que me ficasse a doer a garganta. Passado alguns anos, eu acho, canto diferente, os meus guturais são mais profundos que antes. Eu faço sempre aquecimento de voz antes de cantar e exercito diariamente.

Hintf: O que influencia a tua música e letras?

Os meus vocais e melodia são influenciados por bandas como Suffocation, Morbid Angel, Fear Factory, por exemplo. Não gosto do termo INFLUENCIADA, porque não me sinto influenciada, eu gosto de como eles fazem, eu não tento imitá-los, mas, gosto deles, então é inevitável, eu parecer como eles muitas vezes. Quando ouço o meu disco, eu digo para mim própria – “Fdx…. Eu tenho que mudar isto e aquilo, ohhh, e isso!” Hahaha

Hintf: Consideras-te uma modern metal girl, se sim, porquê?

Hum… Eu não sei o que é “modern metal girl” honestamente. Porque, se olhares para a minha roupa, eu quase só uso preto, uso camisas de bandas antigas, botas algumas sapatilhas Vans haha, não sei.

Se abrirem as minhas playlists do Spotify… encontrarão 70% de musica Death, Thrash Metal da velha guarda hahaha, 20% é musica pop-rock dos anos 80 e 10% synthwave (que lembra os anos 80) … então… Moderna… eu acho… Não (lol).

Hintf: Qual a tua opinião acerca de Portugal?

Já lá estive algumas vezes, mas sempre como turista. Nunca toquei lá, mas conheço pessoas que tocaram lá e disseram que foi porreiro! Vocês tem alguns festivais muito bons, “Vagos Metal Fest”, “Barroselas Fest”, “Moita Metal Fest”, “Santa Maria Summer Fest” etc. Espero que possamos ir tocar lá em algumas datas em 2019 ou no futuro! Queremos ir de certeza!

Hintf: Conta-nos mais sobre a cena metal em França

Eu moro em Espanha (Pais Basco), há já alguns anos, e pessoalmente não sei como é a cena metal em França. Ouço dos meus amigos que aparentemente a cena metal é muito boa. Em Espanha não podemos reclamar. Bons festivais, muitos espectáculos underground. É fixe!

Hintf: Quais são os teus planos para o futuro?

AFTER LIFE estamos a gravar um novo álbum. Está quase terminado. Vamos lança-lo em 2019, Fevereiro, acho. Vamos gravar um videoclip em Dezembro e lança-lo em Janeiro, como uma ante visão do novo álbum. Estamos muito contentes! Mudámos muito o estilo de música. Muito mais Death Metal que o primeiro álbum, menos melódico e mais brutal. Em breve, também vou gravar algumas canções para uma banda alemã, chamada Maladie.

Estou a fazer algumas apresentações com bandas americanas também. Muitas coisas, como sempre!

Hintf: Imagina que vais gravar um novo álbum e podes escolher qualquer um para convidado especial, quem seria?

Eu já escolhi o meu convidado especial, alguém que eu aprecio muito e tem um lugar especial no meu coração haha, Terrance Hobbs dos Suffocation! Ele fez um solo numa das minhas músicas, estou muito feliz e grata! Ele é um guitarrista do caramba e uma pessoa incrível! Foi tão fácil trabalhar com ele. Obrigado Terry! És Top!

Hintf: Por favor, define NeskÄ em uma palavra…

Woaw, isso é muito difícil… Diria louca mas no bom sentido da palavra!

Hintf: Gostarias de deixar algumas palavras aos nossos leitores e aos fãs em Portugal?

Sim, claro. Muito obrigado pelo vosso apoio e se não conhecem a minha banda, deviam ir verificar. Espero vê-los muito em breve! E obrigado Miguel!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.