Elegy of Madness

Entrevista Elegy of Madness

Por: Miguel Ribeiro

Hintf: Muito obrigado por esta entrevista, digam-nos como e quando tudo começou…

Tony: Obrigado Miguel pelo seu apoio e oi aos leitores portugueses! Elegy of Madness nasceu em 2006 quando decidi criar um novo projecto que pudesse representar minhas influências musicais: gótico, progressivo, metal feminino.

Anja: Eu comecei a cantar em Elegy of Madness em 2006 quando conheci o Tony e e o Alessadro. É incrível como a banda teve imediatamente uma ideia comum de trabalho, como uma empresa que cresce cada vez mais. Agora, sentimo-nos como sendo uma família e criar novas músicas é mais e mais fácil.

Hintf: Elegy of Madness, o que significa? Uma razão especial para esse nome?

Anja: Elegy of Madness foi uma banda progressiva gótica no começo. Nós gostamos muito do significado da palavra elegia como uma composição baseada em sentimentos e emoções e que era conhecida como um lamento aos mortos. Então, é assim que usamos essa palavra profunda e poderosa. A loucura refere-se à nossa escuridão interior e, musicalmente, à nossa característica progressiva.

Hintf: Muitas mudanças de formação?

Tony: Faz quase 13 anos que Elegy of Madness nasceu com a primeira formação e muitas coisas mudaram. Anja e eu continuamos a trabalhar neste projecto desde 2006. Todos os outros membros mudaram, mas agora temos um grupo muito poderoso e sólidao o com Luca, Larry e Francesco.

Hintf: O que influencia a vossa música e as letras?

Anja: Eu inspiro-me na vida para escrever músicas e letras. Eu penso sobre o que acontece nas nossas vidas, eu falo sobre os melhores e os piores sentimentos. Eu inspiro-me em livros (gosto muito de filosofia, lendas antigas, histórias de fantasia …), e claro ouço todo tipo de música. Isso é o que é muito importante para mim “abrir minha mente” tentando criar algo especial para nossos ouvintes.

Hintf: Porquê Metal Sinfónico?

Luca: Todos nós ouvimos diferentes tipos de música e estilos de metal e o género sinfónico é o ponto de junção perfeito. Combina elementos clássicos e épicos ao heavy metal duro e puro.

Tony: Metal Sinfónico combina melodias e riffs poderosos. Dois elementos aparentemente que se chocam mas que não podem passar um sem o outro. Como amor e ódio, frio e calor, etc. Essas oposições são muito importantes para tornar a vida interessante, o mesmo conceito na música.

Hintf: Por favor, podem-nos contar mais sobre o vosso último álbum “New Era”?

Larry: Nova era é um álbum cheio de símbolos e referências filosóficas, e isso fica claro ao ver o artwork. Existem elementos naturais, seres humanos, desenhos geométricos e uma paisagem escura, como se o Apocalipse chegasse em breve. Queríamos descrever as relações entre os seres humanos e a criação, mencionando vislumbres de luz e sombras das trevas que viriam, imaginando uma Nova Era após a queda de todas as sociedades por causa da cobiça humana pelo poder. A primeira música do álbum é Apokalypsis e a última é Reset, como que dizer: o dano está feito, agora têm que recomeçar do inicio de todos os séculos novamente com um novo estilo de vida, moldando uma nova humanidade.

Hintf: Como foi recebido pela media e pelos fãs?

Luca: A reacção foi incrível! Nós não esperava-mos tanto sucesso, este é um sonho que se tornou realidade. Para crescer, musicalmente,tens que trabalhar duro todos os dias e agora sentimos como se nada pudesse nos impedir. É um caminho muito difícil, mas é o melhor trabalho do mundo.

Tony: Tanto os media quanto os fãs reagiram da mesma forma em diferentes partes da Europa, provando envolvimento e admiração. Acho que obtivemos um resultado muito bom. Viver pela música, mas não é fácil

Hintf: Como é ter uma banda como a vossa, é possível viver apenas da música ou precisam ter outros empregos?

Anja: A situação de trabalho na Itália é muito má. Está a ficar cada vez mais difícil encontrar um emprego, então você podem imaginar o que isso significa no campo musical. Eu trabalho como cantora clássica e pop, mas não consigo esconder o quanto é difícil.

Tony: Nosso objectivo comum é viver da música. Apenas alguns de nós são capazes de fazer isso com outras actividades musicais. Por exemplo, eu trabalho em outro sector de negócios, então combinar todos esses aspectos da minha vida é muito difícil. Mas acho que os Elegy of Madness não vai parar e vamos encontrar a melhor solução.

Hintf: Como é a cena musical em Itália?

Larry: É cheiA de grandes bandas como Lacuna Coil, DGM, Fleshgod Apocalypse e muitas bandas emergentes de metal que merecem atenção especial.

Luca: A Itália é cheia de bandas talentosas, mas não é um “país do metal”, então encontrarão uma pequena e boa cena de metal.

Tony: A cena de metal italiana é bastante subestimada pelo resto do mundo, mesmo que tenhamos muitas bandas incríveis. Além disso, muitos ouvintes preferem música estrangeira e, por vezes, não suportam bandas italianas.

Hintf: Quais são os vossos planos para o futuro e os vossos maiores sonhos?

Luca: Nosso sonho é alcançar o maior número possível de pessoas com a nossa música e posso dizer que isso está se tornar realidade.

Anja: Eu gostaria de viajar por todo o mundo com o Elegy of Madness, fazer a nossa música ser conhecida, conhecer culturas diferentes e sentir muita energia boa.

Hintf: Qual a vossa opinião sobre Portugal? A nossa música a nossa cultura …

Larry: Eu nunca estive em Portugal, mas gostaria de ir um dia … Eu acho que é muito interessante a cultura, paisagens e história … Eu gosto muito de Pessoa, grande poeta, misticista, interessado em ocultismo, em rosacrucianismo e maçonaria, como eu sou.

Anja: Nós iremos a  Portugal!!! País incrível!

Hintf: Imagine que poderiam ser um animal, qual escolheriam ser?

Anja: Eu acho que poderia ser uma águia, livre para voar para qualquer lugar e observar o mundo do céu.

Larry: Eu gostaria de poder ser uma cobra, possivelmente venenosa.

Hintf: Deixe uma mensagem final para vossos fãs e os leitores da Hintf Webzine…

Luca: Obrigado, vocês são nossa força e motivação para continuar a fazer mais e mais. Sigam as nossas páginas .. vamos preparar muitas surpresas para vocês! Curtam metal ..

Anja: Obrigado Miguel, obrigado a todas as pessoas que vão ler estas palavras!

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.