North of South

Banda: North of South

Titulo: “New Latitudes”

Editora: Rockshots Records

Data de Lançamento: 28.Setembro.2018

“New Latitudes” é o título do álbum de estreia dos nossos vizinhos North of South, uma das novas bandas sensação do metal moderno que se pratica atualmente em Espanha.

Chegará este novo registo de metal melódico com cambiantes e variantes dos vários estilos que influenciam os North of South no próximo dia 28 de Setembro e que orgulhosamente a sua atual editora, a Rockshots Records fez saber ser a data oficial de lançamento.

Como avanço a este disco roda já o single com edição também de lyric vídeo oficial, o tema ‘The Human Equation’, que revela desde logo a apetência estilista pelo metal mais progressivo, imbuído de algum tecnicismo e com fusão de elementos do folclore tradicional do seu país, e que conferem uma certa diferenciação de eventuais semelhanças a bandas como Papa Roach ou uns mais dinamizados Opeth.

Tudo desde já boas razões para dispendermos uma parte do nosso tempo, 35 minutos iniciais serão suficientes para abrir esta caixinha de surpresas em forma de bolacha.

“New Latitudes” que nem Rosa-dos-ventos musical sopra as suas nove melódicas faixas em todas as direcções, quebrando barreiras e abrindo horizontes ao que cada vez mais se nota evidente ser exequível, a fusão de vários elementos sem clichés e suavemente imprimindo na memória auditiva de cada ouvinte o que irá distinguir a sonoridade dos North of South dos demais.

É um disco fluído e bastante acessível de se ouvir, de todo monótono e com intrínsecos e complexos riffs bebidos da fonte de Hendrix (em ‘Balance Paradox’ por exemplo) jorrando energia e confiança num trabalho que se nota bem elaborado e pensado a rigor nos pequenos detalhes, como o uso de samplers que parecem extraídos de uma dimensão paralela onde o tempo parou aquando da criação de seres míticos como os Yes… (exemplo em ‘Before We Die’).

“New Latitudes” é uma boa descoberta e vai soar lindamente a qualquer ouvido mais exigente e encaixa plenamente numa plácida reunião de amigos ou apenas na companhia de um bom néctar e um bom prato giratório – entenda-se gira-discos!

Pontuação: 7,8/10

Por: Paula Antunes

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*