Surgery

Entrevista: Surgery

Por: Paula Antunes

Hintf: Olá Surgery! Primeiro agradecemos o vosso tempo para com esta entrevista, e para abrir o apetite falem-nos um pouco de vós, como é que os Surgery aparecem na cena musical?  

Surgery: Dizendo olá a todos os leitores e fans da cena metal, eu sou o membro fundador e guitarrista dos Surgery, Radoslav Body. A nossa banda de death metal surge em cena em 2002 já com material acabado, com o qual demos alguns concertos. O estilo musical está entre o death e o grind, mas depois de deixarmos os antigos membros da banda este tornou-se mais próximo do death metal.

Hintf: Apesar de se terem formado em meados de 2000 no entanto de repente param e retomam actividade 10 anos mais tarde. O que aconteceu e quão diferente está a vossa abordagem à música dos Surgery desde essa altura? 

Surgery: Não houve uma paragem, mas não tivemos qualquer disco nesse período de 10 anos. Apenas demos concertos e ninguém nos conhecia. Mas então em 2010 editámos o primeiro EP: “Pulled By The Rope”. E como mencionei antes a música estava mais perto do death metal.

Hintf: Os Surgery têm vingado ao longo destes últimos 8 anos com uma Demo editada e agora 2 álbuns de longa duração. O mais recente, “Absorbing Roots”, parece mais duro e liricamente extremo em relação aos anteriores. Quais são as principais diferenças entre discos? Que novos elementos adicionaram para alcançar esta acuidade?  

Surgery: O álbum anterior estava repleto de death metal da velha escola e “Absorbing Roots” é death metal com cariz melódico. A principal diferença entre estes dois discos é que a música ainda é dura, mas linhas melódicas e o som mais apurado foram acrescentados. Assim o disco manteve o estilo dos anos 90 mas com uma nova roupagem. Era essa a nossa intenção.

Hintf: Por favor falem um pouco mais de “Absorbing Roots”, de que raízes nos falam para que absorvamos?

Surgery: Com este nome pensámos nas raízes que absorvem toda a impureza deste mundo, a guerra, o ódio. Simplesmente toda a maldade que vem de todos nós na realidade do dia-a-dia. É por isso este nome.

Hintf: Com este disco também fazem uma ligeira alteração, passando de edições independentes a assinarem por uma editora, a Supporting Underground, com o lançamento de apenas 337 cópias físicas. Como se deu esta colaboração e porquê este número tão especifico?  

Surgery: Hoje em dia o lançamento independente é algo difícil para a tua disponibilidade e dinheiro. Então decidimos-nos pela editora Support Underground. 337?! Bem, não faço ideia quanto a isso, não lidamos com numerologia…

Hintf: O vosso grafismo é também muito vibrante e colorido, quem é o artista por trás das ideias e trabalho visual dos Surgery?

Surgery: As ideias visuais vieram da minha cabeça, mas foram editadas pelo artista Adam “Parasite” Šluch da Old Skull Artworks. Ele é um jovem artista da Eslováquia, que fez algumas capas para bandas de metal eslovacas e checas. E é também um grande apoiante da cena metal.

Hintf: Estão a par da nossa cena metal? O que conhecem de Portugal ou da sua música?

Surgery: Consigo lembrar-me de bandas dos 90, como por exemplo: Desire, Moonspell – gosto especialmente dos seus dois primeiros álbuns. De bandas mais recentes achei os Dementia 13 muito bons. É um óptimo death metal da velha escola. Por outro lado não conheço muito bem a vossa cena musical. Mas acredito que a cena metal portuguesa é também muito forte.

Hintf: Ao vivo! Está algo agendado para o futuro próximo de Surgery? O que podemos esperar de um dos vossos concertos?  

Surgery: Temos concertos suficientes, mas até agora apenas na Eslováquia. Gostaríamos de tocar algures além-fronteiras. Há alguns planos, talvez resultem. Dos nossos concertos podem esperar boa música, diversão e dores no vosso pescoço:-)

Hintf: Por fim mas não menos importante, deixem uma mensagem aos nossos leitores e vossos seguidores e indiquem-nos os melhores links para seguirmos o vosso trabalho!  

Surgery: Em nome de toda a banda Surgery obrigado à Hintf Webzine pelo apoio. Se quiserem comprar o nosso cd ou merch, por favor contactem-nos ou à nossa editora , a Support Underground.

https://www.facebook.com/Surgery.Poprad/

http://bandzone.cz/surgery

http://www.supug.cz/

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*