Zommm

Entrevista Zommm

Por: Paula Antunes

Hintf: Antes de mais devemos dar-vos os parabéns pelo vosso excelente disco “Reality Is An Illusion” e também agradecer o vosso tempo para com esta entrevista! E para abrir o apetite digam-nos qual foi a principal inspiração no processo de composição deste disco?

Olá! Antes de mais queremos agradecer pelo vosso apoio e por esta bela entrevista! A maior inspiração para nós é o nosso estado interior e as sensações deste Mundo.

Hintf: Quem são os Zommm, falem-nos um pouco da vossa formação e da experiência dos seus membros no mundo da música? 

Como sabem, os Zommm são um duo de música experimental do Azerbaijão. Os membros são o Farid Mayilov e o Ramil Bayramov.

Eu sou o Farid Mayilov, nascido no ano de 1993. Eu envolvi-me na música desde 2008 como vocalista e guitarrista na banda de rock nu-metal chamada “Live or Leave”, e também lanço musica eletrónica de estilo drone, ambiente e ‘witch house’ no meu projeto a solo, “Mayilow”.

O Ramil Bayramov nasceu em 1989 e envolveu-se com a música desde que tinha 12 anos de idade. Quando era ainda adolescente, ele costumava interessar-se pela música rap, mas mais tarde as suas preferências mudaram e agora está na música rock metal por causa dos seus vocais extremos, que o satisfazem bastante. Está atualmente integrado na banda de Sludge /Hardcore, S.I.K.

Hintf: O que representam os Zommm, e de que melhor forma descrevem a vossa música para quem está a conhecer ‘novos’ caminhos na cena do metal?

Nós somos amigos e a nossa primeira faixa foi a “Shining of the Solar moon”. Nós dedicámo-la à nossa amizade e nem sequer pensámos em forma uma banda, mas depois de imensos pedidos das pessoas decidimos continuar a escrever canções e gravamos o álbum “Reality is An illusion”. Este álbum foi feito com o nosso coração e enchemo-lo com os nossos pensamentos e sentimentos.

Hintf: Quem ou quais são as vossas principais influências, o que vos levou a tornarem-se músicos de coração e alma?  

Quando eu era criança ouvia musica muito variada da radio e da televisão, mas quando conheci a música rock, e ainda em criança, mergulhei nesta cultura e comecei a nadar em sua direção. Conheci a música rock com os Deep Purple, Queen, Scorpions e os Black Sabbath.

Hintf: Oriundos do Azerbaijão, que principais dificuldades encontraram para trazer este projeto à vida? Como é a cena musical no vosso país? 

Não houve dificuldades ou pelo menos não demos por elas pois todo o processo foi muito agradável. O nosso país tem algumas bandas muito boas mas ainda não tem uma estável cena de rock.

Hintf: De volta a “Reality Is An Illusion”, o vosso estreante e primeiro disco, um EP de edição independente e ainda muito fresco; como tem sido a receção por parte do público e da imprensa?

O álbum tem tido críticas muito boas; as pessoas de diferentes países escrevem-nos e dão-nos um grande apoio. Estamos muito gratos a todas essas pessoas.

Hintf: Falem-nos um pouco mais do disco, a sua ideia conceptual, o instrumento único que somos brindados a ouvir – o ‘Tar’, e a fantástica arte de capa!

Este álbum é totalmente ‘caseiro’. Nós trabalhamos nele sem pressa e investimos tudo o que tínhamos na alma.

A ideia de combinarmos o instrumento nacional “Tar” com a nossa música veio enquanto estava em palco e a tocar a ‘The shining of the solar moon’ em jam sessions com outros músicos. Nessa altura estava presente o executante de “Tar”, o músico Nurlan Japharli com quem estabelecemos uma boa ligação nessa noite e decidimos mostrá-lo a toda a gente.

O “Tar” é um instrumento muito mágico, ele penetra bem fundo na nossa alma e não tem fronteiras com o ‘menor’ e o ‘maior’. Aconselho-vos a ouvirem o “Tar” isoladamente.

Hintf: E concertos? Tencionam subir a palco e iluminar-nos com a vossa energia? Como está a vossa agenda e quais são os planos para o futuro próximo dos Zommm?

Não planeamos dar concertos para o futuro próximo, mas é possível que os haja um destes dias. Quanto a planos para o futuro posso dizer que estamos a trabalhar no segundo álbum que vai ser mais duro e leve. Não esperem um género concreto, porque o estamos ainda a escrever, é o que nos sair da alma por agora. Por isso a faixa “Dust” está no disco “Reality is an illusion”. Também no novo álbum as canções serão diferentes umas das outras em ambiência, tanto que será como se fossem dois álbuns em um só.

Hintf: Sintam-se à vontade para acrescentarem o que quiserem e deixem uma mensagem aos nossos leitores e vossos seguidores portugueses!  

E no final, estamos muito gratos a todos que apoiam Zommm, pois todas estas pessoas são na realidade Zommm. Também visitamos as páginas sociais e todos os pensamentos nos inspiram.

Muito obrigado pela vossa atenção e por tão interessantes perguntas. Sentimos um enorme prazer em respondê-las. Vocês são aqueles que dão vida ao Zommm. Desejamos-vos boa sorte! Zommm.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*