Hyborian

Banda: Hyborian

Titulo: Hyborian: Vol I

Editora: Season of Mist

Data de Lançamento: 17.Março.2017

Hyborian: Vol I é o álbum de estréia de Progressive Sludge / Stoner Rock dos Hyborian. Se vocês forem fãs de Mastodon, Baroness e Crowbar, vão ficar impressionados com este álbum. Como os Hyborian tocam  uma mistura rápida e furiosa de Sludge / Stoner Metal  inclinam-se para o lado mais progressivo das coisas. Com um toque de sons psicadélicos espaçados, estão prontos para a ação. A parte vocal é mais limpa, o que significa que podes te concentrar nos riff rítmicos ao mesmo tempo.

A primeira faixa “As above, So below”, abre com um forte florescer. Com um pesado Sludge/Stoner levando uma pessoa de volta para a era dos Mostodon com os seus ritmos progressivos. Embora com um som mais distanciado. A atmosfera e o volume do álbum inteiro é barulhento e com os seus ritmos rápidos como desde o início .

A segunda faixa “Maelstrom” é uma das faixas que destaco no álbum com duplo vocal excelente e guitarras psicadélicas pesadas originando uma forte parede de ruído.

Os rítmos progressivos explodem diretamente para a terceira faixa. “Blood for Blood” esta talvez seja a música mais pesada do álbum. O trabalho instrumental é de precisão tendo em conta o contraste do conteúdo lírico mais sombrio.

As três últimas músicas do álbum “Dead Lies Dreaming”, “Ajna” e “Dross” continuam com os riffs rápidos e às vezes maníacos criando assim um estilo emocionante de sons.

Talvez seja familiar para alguns, mas não podemos negar o quão adictivo o álbum inteiro é. Ajna pode ser a oferta mais forte das últimas faixas, mas eu digo que os Hyborian impressionam em todas as músicas.

As letras são outro destaque , pois escreveram ideias intrigantes para as músicas de uma forma indívidual que permitem que o álbum tenha um lado criativo mais rico.

A produção é excelente.Hyborian: Vol I para mim é um excelente álbum de estreia e espero ver mais álbuns dos Hyborian futuramente.

De facto este álbum é mesmo excelente!

Pontuação: 8.9/10

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*