Crisix

Entrevista Crisix

Por: Paula Antunes

Hintf: Antes de mais obrigada pelo vosso tempo com esta entrevista. Agora e como aperitivo, deixem-nos saber quem são os Crisix, o que nos podem dizer sobre o vosso surgimento como banda, e em jeito de história breve sobre o vosso percurso na cena musical?

Olá! Obrigado também pela entrevista! Os Crisix são uma banda formada em 2008 em Barcelona. Nasceu como resultado da emergente cena thrash metal em Espanha há 10 anos atrás. Poucos meses após a gravação da primeira demo nós ganhamos o Wacken Metal Battle da seleção de Espanha e fomos os escolhidos para tocar nesta lendária festa do metal na Alemanha em 2009. Ganhámos também esta e lançámos o nosso primeiro álbum “The Menace” pela editora Kaiowas Records. Depois de uma longa tour por Espanha lançámos então o nosso segundo álbum “Rise”… Descansamos então em 2013 e fizemos uma tour pela primeira vez na Europa em 2015 com os Nervosa. Um ano depois assinámos pela editor francesa Listenable Records, o nosso terceiro álbum “From Blue to Black” foi editado e promovido em tour por mais de 15 países europeus ao lado de grandes bandas como Suicidal Angels e Skull Fist, e fomos cabeças de cartaz em alguns concertos na Alemanha e França também. Também tocámos nos melhores festivais espanhóis e outros pela Europa, como o Metaldays, Summer Breeze e estamos já confirmados para o Hellfest no próximo mês de Julho. Além disto temos também uma tour europeia confirmada para 2018 e algumas datas nos EUA.

Hintf: Oficialmente ativos desde 2008 e apesar de uma leve alteração à designação da banda de Crysys para Crisix pelo ano de 2011, são ainda assim uma banda muito jovem mas trabalhadores afincados e a produzirem um disco quase a cada dois anos. Onde vão buscar tanta energia e inspiração para os vossos discos? 

Sim! Este ano sera o décimo na estrada. Temos principalmente dois focos de energia e inspiração. O primeiro é a paixão que temos pela música e que cresce cada vez mais ano após ano. Apenas não nos conseguimos imaginar numa vida sem criar, tocar ou desfrutar da música! Segundo é o amor pelos nossos fãs. A vida na Estrada não é fácil; é preciso sacrificares muito como a estabilidade económica ou a vida social. Não valeria a pena se não sentíssemos o calor de uma audiência que canta connosco as nossas canções a cada show e que nos mostra a sua paixão pela nossa música.

Hintf: Também conhecidos como amantes de cinema, a maioria das vossas letras são uma agradável e divertida perspetiva de alguns filmes famosos… Por favor falem-nos um pouco mais desta vossa fonte de inspiração!

A maioria das letras vem da mente do Juli. Ele estudou cinema e é um verdadeiro amante de filmes, shows televisivos, manga, e toda esta espécie de coisas! Por isso se Crisix é o reflexo dos nossos pensamentos, sentimentos e paixões então deverá haver um lugar para os filmes. Não é apenas acerca das canções; ele tem mesmo um monte de tatuagens acerca de filmes e personagens famosos além de toneladas de T-Shirts. Ele é um cromo! haha

Hintf: Um novo disco está prestes a sair pela editora Listenable Records, previsto para a data do próximo 23 de Março e intitulado de “Against The Odds”. Quão bem decorreu o processo de gravação, estão satisfeitos com o resultado final? 

Absolutamente 100% satisfeitos! Foi um período longo, árduo e stressante. Nem sempre é fácil combinar uma apertada agenda de tours, composição, gravação e vidas pessoais. Mas assim que temos o resultado final no nosso reprodutor em volume máximo sabemos que valeu a pena. Depois de um ano de composição e gravação estamos ultra contentes com o resultado!

Hintf: O que preferem, todo o processo de criação, composição, escrever e gravar ou as atuações ao vivo em toda a sua essência e claro, com todo o trabalho duro que têm para as conseguir?

Bem, ambas as partes são agradáveis. Não é uma questão de preferência por uma ou outra. Não seria o mesmo ir em tour e tocar canções que não fossem nossas, e claro que não gostaríamos muito de gravar se não soubéssemos que haveria público para as ouvir nos concertos e desfrutá-las tal como nós… Por isso basicamente não entendemos uma parte do trabalho sem a outra! Apenas se complementam.

Hintf: Recentemente tocaram para nós, em Outubro de 2016. Quais as melhores memórias que têm deste concerto e para quando planeiam voltar a solo português e às nossas salas?  

Sim! Foi no Évora Metal Fest e foi uma loucura! Gostamos mesmo muito dos nossos vizinhos em Portugal, quando vêm aos nossos concertos ficam mesmo ‘doidos’ e isto +e algo que apreciamos muito. Também tocámos no Porto na tour europeia do “From Blue To Black”, e por duas vezes também no Barroselas Metal Fest, e foi sempre absolutamente fantástico. Atualmente iremos voltar este ano para atuar no Laurus Nobilis Fest com imensas grandes bandas e mal podemos esperar que aconteça!

Hintf: Planos e objetivos para o futuro próximos dos Crisix?

Bem, estamos muito contentes com a forma como as coisas estão a acontecer até aqui. Estamos a viajar bastante, temos uma excelente equipa a trabalhar connosco e só coisas boas podem acontecer. De qualquer forma, seria ótimo poder sair das fronteiras europeias. Estamos sempre a ser convidados pelos fãs sul-americanos para irmos a Colômbia, México, Chile, e Argentina… Pelo que diremos que este será o objetivo de 2018, fazer uma tour na América do Sul!

Hintf: Por fim mas não menos importante, deixem aqui uma mensagem aos nossos leitores e vossos seguidores portugueses! 

Muito obrigado por terem gasto o vosso tempo a ler-nos! Esperamos ver-vos a todos no Laurus Nobilis Fest e beber algumas cervejas com os nossos vizinhos portugueses! Mantenham-se metal!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*