Deeper Down

Banda: Deeper Down

Titulo: “The Last Dream Arms”

Editora: Hellbones Records

Data de Lançamento: 30.Janeiro.2018

Para quem não conhece os Deeper Down posso dizer que eles foram criados com uma mistura de vários tipos gêneros musicais, incluindo o Doom e Gothic Metal onde assentam atmosferas decadentes e harmonizadas com Ritmos melódicos e mais pesados e tudo isto interligado.

“The Last Dream Arms” é o álbum de estreia dos Deeper Down, são oriundos de Campobasso (Itália), o grupo está no ativo desde 2016. No mês de Fevereiro de 2018 a banda assinou um contrato com a Editora Hellbones para distribuir o seu recente trabalho.

Neste álbum de estreia (The Last Dream Arms), podemos contar apenas com 6 faixas de puro Doom Metal e Gothic Metal. Na minha opinião o álbum está bem estruturado e bem feito, quando digo bem feito quero dizer que o material apresentado é de boa qualidade! Desde a parte vocal até aos instrumentais.

Dá para sentir ao longo do álbum uma leve influência de outras bandas como : os My Dying Bride, Anathema, Katatonia, Opeth, Paradise lost

Achei o conceito deste álbum muito interessante pois há um jogo entre a luz e a sombra que procuram encontrar o caminho do tempo, a noite e o dia lutam entre si pelo último momento dado pelo sol enquanto tudo isto acontece, os olhares de dor dos habitantes da terra que aguardam a longa paz tanto esperada que percorre lentamente nos cantos escondidos das suas mentes.

É uma história bem elaborada! A ideia do álbum retratar isso veio da parte do Giuseppe.

Recomendo ouvir este CD é fantástico.

Os membros da banda:

Giuseppe: Voz, Guitarra Elétrica e Acústica, piano, Sintetizador, Bateria, em todas as músicas e letras.

Luca: Guitarra Rítmica

Alessandro: Violino

Elisa: Voz Feminina

Roberto: Baixo

“The Last Dream Arms” está disponível em todas as principais lojas online: amazon, google play, itunes, pandora, deezer etc. E no site da banda -> deeperdown-web.bandcamp.com

A versão física do digipack só estará disponível em fevereiro.


Pontuação: 8.7/10

Por: João Pavão

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*