Eternal Search Of Lucy’s Diamonds

Entrevista ESOLD

Por: Paula Antunes

Hintf: Olá! Antes de mais obrigada pelo vosso tempo para com esta entrevista e para abrir as hostilidades nada melhor que sabermos quem são os ESOLD e como chegaram a esta formação atual?

Olá desde já agradecemos a Hintf esta oportunidade para expormos o nosso trabalho afim do público português ficar a conhecer um pouco mais de nós.Os ESOLD enquanto músicos, tiveram percursos diferentes em bandas diferentes que começaram na adolescência nas primeiras bandas de garagem, durante os tempos do secundário.Ao longo dos anos tivemos a oportunidade de participar em diversos projetos , nomeadamente Perfect Sin, Assemblent, Dog Days, uns melhor sucedidos que outros, que nos permitiram desenvolver skills,fomos amadurecendo identidades e linguagens próprias. Tivemos a oportunidade de conhecer diversasbandas e músicos destacando-se o Miguel Fonseca dos Bizarra Locomotiva e o Fernando Ribeiro dosMoonspell.Quanto aos Eternal Search Of Lucy’s Diamonds o projeto surgiu de forma muito espontânea quando o Rui (guitarrista) se juntou com um outro amigo nosso (baterista) para fazer umas jams sem ideias pré-concebidas. O intuito era apenas passar umas tardes a fazer barulho e a beber umas cervejas mas quando nos apercebemos, logo na 2.ª ou 3.ª jam, já estávamos a escrever originais. Fechamos esta formação em 2016 e desde aí temos estado a trabalhar cada vez mais.

Hintf: Apesar da vossa formação ser bastante recente contam no entanto com a vossa experiência acumulada na participação de projetos anteriores/atuais. Assim sendo, de que melhor forma descrevem a vossa sonoridade e de que forma estas experiências pessoais contribuíram para a vossa musicalidade?

Foi essa mesma experiência acumulada com o passar dos anos que chegamos aos Esold, o Cláudio e o Sérgio que tiveram uma passagem mais vincada em bandas de metal e industrial o Rui e o Jorge têm influencias mais “rockers” a fusão e as inspirações dos 4 elementos na sua essência cria um resultado muito rock, é essa a nossa base, mas um outro tema deixa escapar alguma das nossas influências pessoais.

Hintf:O que têm de diferente os diamantes da Lucy? Porquê a escolha deste nomepara o vosso projeto? Em que se inspiraram para este ou de que forma foi esteescolhido?

De forma muito geral, os diamantes da Lucy têm uma sonoridade original com as bases do rock/stonner dos anos 90, mixada com a evolução dos tempos e com o que agora de melhor se faz, será essa a nossa diferença maior em termos de estilo sem preciosismos, mostrando um trabalho honesto e verdadeiro. O nome Eternal Search Of Lucy’s Diamonds abreviado na forma Esold surge de uma escolha de vários nomes, em que este seria o mais sensato, e relacionado com o que temos vinda a desenvolver, nunca esquecendo as referencias mais antigas do rock nomeadamente os Beatles.

Hintf: Em Outubro último apresentaram oficialmente e ao vivo o vosso primeiro registo discográfico, a Demo ‘Lucy’, gravada, misturada e masterizada pelo bem conhecido Arlindo Cardoso. Como foi trabalhar com esta personalidade da nossa cena musical e como tem sido até aqui a receção deste disco por parte dos vossos seguidores?

O Arlindo foi o primeiro nome que nos surgiu, visto que o Cláudio no passado já tinha trabalho com ele,em gravações de outros projetos, conhecemos muito bem a sua capacidade de trabalho, qualidade e profissionalismo, a gravação desta demo não podia correr melhor, num ambiente de amizade e descontração, conseguimos através da “magia” do Arlindo a sonoridade que pretendia-mos para este trabalho. Ainda não temos bem a noção da recetividade do disco num nível global, onde conseguimospara já ter o melhor retorno dos fãs é realmente ao vivo.

Hintf: Falem-nos um pouco sobre este disco, com apenas 3 temas conseguem aguçar a nossa curiosidade musical e implementar um pouco mais de dinamismo e novas cores musicais ao Rock nacional. De que nos fala ‘Lucy’?

A Lucy essencialmente fala da Vida. Fala de experiências de vivências de lutas e de tudo o que rodeia o ser humano. Tentámos ser claros nas abordagens diretos na mensagem. Acima de tudo quisemos ser honestos e simples. O rock além de uma forma de vida e de uma atitude assenta muito em honestidadee “pureza” de objetivos. E a Lucy é assim, leva parte de nós em cada acorde e em cada palavra.

Hintf: Gravaram recentemente um vídeo como suporte visual deste novo lançamento;falem-nos do porquê da escolha deste tema, ‘Around’, como desenvolveram a ideiapara o mesmo e de quem é a boa culpa do resultado final?

A Around foi a escolhida no momento para primeiro vídeo, pela intensidade da letra e por ter um pouco dos dois mundos daquilo que fazemos um rock mais direto e por outro lado mais pesado e arrastado. A ideia surgiu de conversas entre o entre o Cláudio e o Sérgio, pretendia-mos passar uma imagem forte do que se vive no mundo, da forma como o ser humano é tão frágil e vive numa constante depressão, nummundo de stress. O vídeo e edição ficaram a cargo do Sérgio.

Hintf: Como estão de agenda para a promoção e divulgação da vossa arte? Onde e quando vos poderemos ver brevemente num palco perto de nós?

A agenda não está formada, os convites vão surgindo e sempre que podemos vamos dando umar esposta, estivemos recentemente no rock ink fest em Alcobaça, onde a aceitação do público que não nos conhecia foi bastante positiva, ficamos com a sensação de dever cumprido.

Hintf: Quais as vossas principais expetativas e objetivos de futuro para ESOLD?

De momento pretendemos divulgar a Demos Lucy o mais possível, ao vivo, no decorrer do inicio deste ano iremos lançar mais um vídeo de outro tema da demo, fiquem atentos, lá mais para o fim do ano, se tudo correr bem como desejamos, a ideia é voltar a estúdio para gravarmos o nosso primeiro disco.

Hintf: Aproveitem esta linha para deixar uma mensagem aos nossos leitores e vossos seguidores!

Antes de mais é importante agradecer a vocês que divulgam e partilham o trabalho que vai sendo feito em Portugal de uma forma altruista e dedicada. Depois para quem gosta da Lucy e para quem assiste aos nossos concertos, queremos dizer que a entrega será sempre a máxima possivel e o respeito pelo publico é algo que levamos muito a sério. Não estamos no Rock nem na vida para mostrarmos que somos melhores que alguém, somos sinceros e é com essa atitude que subimos ao palco e partilhamos a nossa mensagem. Portanto, venham aos nossos concertos, falem connosco e façamos do Rock essesmomentos de verdadeira união.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*