IDEFI

Entrevista: IDEFI

Por: Paula Antunes

Hintf: Antes de mais devo congratular-vos pelos fantásticos discos que nos foram dados a escutar, ambos ‘Bloodlust Casualty’ e ‘In The Light Of A New Day’, poderosos e energéticos ao âmago… Então comecemos por apresentar a banda, dizendo-nos o porquê da necessidade de se juntarem enquanto I-DEF-I …

Kev (Baixo) – Olá. Nós somos os I-DEF-I de Manchester, nós somos o Chris Maher – Vocalista, o Tom Clements – Guitarra, o Kevin Gaffney – Baixo e vozes e o Carl Sharrocks – Bateria. Nós conhecemo-nos na Universidade e fomo-nos dando enquanto pessoas, gostávamos das mesmas bandas e acabamos por nos tornar amigos e formar uma banda juntos.

Hintf: Digam-nos também o significado do nome da banda, o porquê da escolha deste e de que melhor forma descrevem a vossa sonoridade? 

É um jogo de palavras baseado em ‘I-Defy (Eu-Desafio) ‘ que foi retirado de uma canção dos Machine Head que todos crescemos a ouvir e a gostar e também uma afirmação que nos assenta a nível pessoal – nós somos o tipo de pessoas que gosta de ser independente e questiona a autoridade quando necessário. Também como banda fazemos sempre a nossa cena e não nos conformamos com as tendências e modas.

Hintf: Têm estado muito ocupados a compor e a criar novos álbuns para os metaleiros em geral, o que mudou nos I-DEF-I desde o início com o ‘Bloodlust Casuality’ em 2006 até ao presente dia? 

Ao longo dos anos o principal que tem mudado tem sido seguir o nosso instinto e ser cada vez mais independentes. Com muitos dos nossos primeiros lançamentos – o EP The Farside Of Nothing, A Curse Beneath The Surface e Fake Smiles And Lullabies – nós tivemos muitos percalços com diferentes editoras prestes a assinarmos ou depois de termos já assinado com elas. Com o ‘Bloodlust Casualty’ e o ‘In The Light Of A New Day’ fizemos tudo de forma independente – gravámos, tratámos do artwork, fabricamos e depois licenciamo-los com a editora Copro / PHD and Casket / PHD enquanto banda independente. Soube muito bem ter o controlo depois de vários problemas e falsas partidas por causa de editoras nesses anos anteriores.

Hintf: Falem-nos um pouco da vossa ate visual e da lírica dos trabalhos na discografia de I-DEF-I num geral, onde se inspiraram para eles, quem está por trás dos cenários da arte visual, quer da banda quer dos discos? 

O artwork quer para o ‘Bloodlust Casualty’ quer para o ‘In The Light Of A New Day’ foi tratado por um tipo chamado Keith J Burton do ‘The Mouse Department’ sediado em Yorkshire. Ele faz um trabalho espetacular – http://www.mousedept.co.uk/

Hintf: Qual é o vosso principal foco nas letras, qual a mensagem principal que nos querem transmitir escondida por entre o belo ruído?

Os temas variam – romance, confiança, Guerra, história, dúvida, luta, alegria. Muitos temas e emoções pessoais inspirados pela vida em geral e pelas nossas experiências na indústria musical.

Hintf: Actuar ao vivo, um tem que ser para qualquer músico talentoso e decerto um dos últimos desejos de sempre de qualquer músico ou banda. Como tem estado a vossa agenda e quais os planos para o futuro? 

No passado os nossos melhores concertos foram o Download Festival 2006, Sannois @ Emb em França, Manchester Club Academy, Wolverhampton Little Civic e a nossa tour em Fevereiro/Março de 2006 com os Breed 77 – essa foi uma excelente tour, 8 concertos todos esgotados ou quase totalmente esgotados.

Hintf: Estão a par da cena de metal em Portugal? O que conhecem de Portugal? 

Um pouco. Nós temos 2 ‘super fãs, o Yanick e o Nirav de Portugal que de facto se tornaram fãs da banda e fizeram o nosso site de 2004 a 2008 por iso adoramos Portugal. Eles são grandes adeptos do Benfica e também fizeram alguns websites para fãs do Benfica também. Nunca tocámos em Portugal no entanto, a maioria da nossa visibilidade de radio e de imprensa tem sido no Reino Unido, França, Itália, Holanda e Alemanha. Temos tido também algum pequeno destaque de imprensa em Espanha e Portugal mas mais em webzines e rádios de internet.

Hintf: Sintam-se à vontade para acrescentar o que quiserem e deixem uma mensagem aos nossos leitores e vossos seguidores portugueses!

Muito obrigado pelo apoio e tempo para com estas perguntas. É apreciado. Esperamos que tenham um excelente 2018 e desejamos-vos tudo de melhor com a Hintf! ‘zine.

Cheers, Kev e I-DEF-I.

Facebook.com/idefiband

twitter.com/idefiband

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*