Madball

Banda: Madball

Titulo:“For the Cause”

Editora: Nuclear Blast Records

Data de Lançamento: 18.Junho.2018

Só para recolocarmos as coisas no seu contexto, MadBall é daquelas bandas que juntamente com os Biohazard, os SickofItAll ou ainda os AgnosticFront, assentaram as bases daquilo que é o movimento Hardcore ou pré-Harcore. Um pouco como aquilo que as grandes bandas fazem para os grandes géneros de Metal (Heavy, Death, Black…).

Dito isto e pegando no último nome citado,  há que relembrar que os Madball começou por ser uma espécie de sideproject  dos Agnostic, centrado sobretudo na pessoa de FreddyCricien, meio Irmão do vocalista Roger Miret. Os Madball nascem em 1988. Desde  então se tornaram uma referência do Hardcore Nova Iorquino. Então o que esperar do 9º álbum destes americanos? Uma banda que tem muita raiva, que sabe o que ir buscar ao passado, mas sempre com um feeling para aquilo que ainda esta para vir.

Posto isto, este LP abre com um “SmileNowPay Later”, cheio de energia, com um hardcore musculado e que nos mostra a garra e a vontade destes músicos. Aliás uma música speed quanto basta, com uns bons toques de groove, e que nos deixa com vontade de nos mexer muito! Segue-se “Rev-Up”, e aqui acontece algo estranho: embora não seja uma música com um perfil melódico, é nos dada a sensação que existe. E no refrão, um dos traços típicos do Hardcore: como se de um Himno se tratasse, temos uns backingvocals presentes que nos fazem pensar que este tema em concerto poderá ser algo interessante.Além de que é um verdadeiro incentivo a “Revolution”! Passando um pouco mais à frente, o nosso ouvido fica retido em “OldFashioned”. Uma música com uma rítmica muito groovy, e que nos faz ter a necessidade de abanar a cabeça. Uma secção Baixo/Bateria muito presente. Já agora destaque para uma produção, a cargo do grande Tim Armstrong (Rancid), muito interessante que põe sempre em evidência o necessário, dando o óbvio destaque à voz de Freddy. Falar também de “EvilWays” que será sem dúvida daquelas músicas que irão pôr as arenas em turbilhão (excelente participação de Ice T!). E já que falamos em participações, destaque para a 9º faixa, “The Fog” com participação de Tim (Rancid), que será talvez aquela música que se tornará rapidamente num clássico (pelo menos para mim). Falar ainda de “For the Cause”, 12º faixa deste LP, e que dá o nome a este álbum. Se há música que dá vontade de abanar o esqueleto, está é sem sombra de dúvida uma escolha acertada. Groovy, Hard, cheia de raiva, e com um refrão que fica na cabeça!

Olhando para este álbum dos Madball, e dizendo que não é perfeito, tem aqui muita energia e raiva, mas tem sobretudo muito musicalidade: música e qualidade. Um bom álbum de Hardcore, que sabe ir ao passado, sem perder de vista o presente, e muito menos aquilo que será o futuro para estes Americanos!!

Pontuação:7,8/10

Por: Julien Valente

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*