Hatchets For Hands

Banda: Hatchets For Hands

Titulo: “Convulsions Of A Dying Empire”

Editora: Independente

Data de Lançamento: 17.Maio.2018

Oriundos do solarengo Estado da Califórnia, mais concretamente sediados na cidade de S. Francisco, o duo praticante de Death metal melódico e que dá pelo singular nome de Hacthets For Hands, fizeram chegar aos escaparates mundiais o seu disco de estreia, “Convulsions Of A Dying Empire”, este lançado de forma independente no passado dia 17 de Maio, augurando assim uma promissora carreira neste género mais extremo da música Metal.

E isto dito porque apesar de inicialmente formados em 2009 e tendo apenas agora lançado a sua primeira peça, revela acima de tudo persistência e resiliência destes americanos na sua senda musical e isto só por si já é algo que nos faça despertar um pouco mais a curiosidade sobre a sua música.

“Convulsions Of A Dying Empire” está arquitetado sob a forma de EP com 7 temas que rapidamente se revelam vigorosos, enérgicos e que ao longo dos 25 minutos da sua duração nos proporcionam um bom interregno musical com linhas que se cruzam entre o moderno metal melódico e o bom velho Heavy Rock, elegantemente produzido e revelador de influências de nomes como Amon Amarth ou Arch Enemy.

Os riffs de guitarra são classicamente Heavy Metal e a linha melódica de base contem o groove necessário que faz de temas como ‘Mistress Death’ uma perfeita fusão de Death metal melódico de influências nórdicas com o Death metal da velha escola dos congéneres Obituary.

Num todo, “Convulsions Of A Dying Empire” é um disco bem conseguido, espelhando bem as felizmente várias, vastas e tão ricas influências que extraímos e conjugamos uns dos outros, conseguindo ainda assim criar uma sonoridade própria que certamente melhor se revelará numa próxima edição. Até lá, fica ainda a dica para os thrashers amantes de rápidas transições de ritmos, não bruscas mas sim fluídas, que facilmente se irão também render a este disco que se quer descoberto com calma, em várias audições.

Pontuação: 8,1/10

Por: Paula Antunes

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*