The Faces Of Sarah

Entrevista: The Faces Of Sarah

Por: Lígia Ferreira

Hintf: Obrigada pela entrevista, é um prazer falar convosco.Podem fazer uma pequena introdução da banda? Como tudo começou?

O prazer é todo meu!!

Nós nos formamos em 1999.Estávamos empenhados em trazer um som ao vivo, antemico e tipicamente britânico no estilo do Rock Gótico ,que não era muito prevalente naquela época. Alguns de nós já tinhamos tocado em bandas juntos … mas  encontramos o nosso chamamento assim que formamos os TFOS.

Hintf: Porquê o nome The Faces Of Sarah?

O nome veio de um livro que eu estava a ler sobre possessão demoníaca. Um dos capítulos era “The 48 Faces of Sarah” e era sobre uma mulher nos Estados Unidos que sofria com o Transtorno de Personalidade Múltipla … como o título sugere, ela tinha 48 personalidades diferentes!! Foi uma leitura muito pesada. A formação original consistia em cinco personalidades muito diferentes musicalmente, então eu pensei que o nome era perfeito. Eu originalmente queria nomear a banda “The 48 Faces of Sarah”, mas  os outros membros disseram que era demasiado!

Ainda bem que os ouvi ..

Hintf: Vocês tiveram algumas mudanças no passado, como isso afetou a banda?

Cada mudança de alinhamento afeta o som e a dinâmica de um grupo. Não é algo que eu tenha decidido fazer … na verdade, nunca é bom perder um membro da banda … mas, por motivos variados, essas coisas acontecem. Eu sempre permiti que qualquer novo membro trouxesse sua própria identidade e visão para a banda … portanto, sonoramente … a mudança vai ocorrer. Em retrospectiva, posso admitir abertamente que provavelmente permiti que nosso som se desviasse do conceito original às vezes.

Hintf: Como foi trabalhar com Andy Reilly, que produziu álbuns para grandes nomes como Paradise Lost, Bruce Dickinson, Cradle Of Filth …?

Andy é um enorme talento. O que ele não sabe sobre produção realmente não vale a pena conhecer. Ele também esteve em algumas das sessões para “Its A Kind Of Magic”, com Queen  .. então o homem realmente sabe o que faz.

Infelizmente para mim,  no momento em que era a minha vez de trabalhar com ele na voz  no EP ‘Impurity’, ele mudou-se de Londres, já não cheguei a trabalhar com ele !! Ele produziu  o EP”Misery Turns”  e “Impurity”  ainda estou orgulhoso desses registos até hoje.

Hintf: Têm trabalhado no novo EP Sensorium “MMXVIII”, com Paul Miles (ex Nephilim), como foi a experiência?

Foi uma emoção! Eu trabalhei com ele anteriormente no nosso segundo álbum, “Lament”. Ele acabou por tocar 90% das guitarras e fez um trabalho incrível tanto a tocar quanto na produção. Eu vi-o tocar com The Nephilim no passado e fiquei impressionado, trabalhar no estúdio com ele foi incrível!

Tive a honra de ser convidado para cantar no EP Sensorium. O TFOS apoiou a linha original muitas luas atrás, por isso foi como um círculo completo. Nós formamos uma boa parceria de composição musical enquanto trabalhamos juntos e eu acho isso ótimo … realmente fiquei muito feliz com isso.

Hintf: Vocês estão atualmente a trabalhar  no vosso terceiro álbum, o que podem nos dizer sobre isso?

Agora temos o nosso guitarrista original, John Currie, de volta à banda, o que é ótimo. Então nós definitivamente voltaremos às nossas raízes com este álbum. Não será “24”, parte 2. que seria preguiçoso … mas certamente terá um aspecto mais sombrio e gótico. Nós já começamos a gravar as demos e até agora estou muito animado com os resultados.

Hintf: Já têm uma data de lançamento em mente?

Realmente não quero tentar o destino, pois não somos exatamente prolíficos com lançamentos de álbuns! Temos escrito em outubro / novembro deste ano embora …

Hintf: O que te inspira quando escreves e compões?

Com os primeiros lançamentos, foi tudo sobre ‘pobre desgraçado Nicky !!’ .. Eu estava chateado com tudo. À medida que envelhecia, percebi que, em comparação com muitas pessoas, a minha vida era uma porcaria. Assim, comecei a observar a vida em geral … as provações e tribulações de outras pessoas. Parei de ser tão crítico !!

Hintf: Tens que te colocar na disposição certa ou a inspiração vem naturalmente?

Pode ser difícil escrever algo melancólico quando não estou nesse estado de espírito. Estar apaixonado, por exemplo, pode ser uma distração ao tentar cavar fundo nos recantos mais sombrios da alma !! Para ser honesto  uma vez que as primeiras linhas são escritas o resto flui com bastante facilidade.

Inspiração vem em qualquer momento e em qualquer lugar ..

Hintf: O ano que vem será o 20º aniversário da banda, quando começaram,  acharam que ainda estariam a tocar por esta altura?

Não parece 20 anos !! Nós não estivemos sempre por aí durante esse tempo. Tivemos alguns hiatus para tentar outras coisas etc.

Não imaginamos que ainda estaríamos por perto depois de quase duas décadas !! Contanto que eu ainda sinta que posso cantar e escrever com a melhor das minhas habilidades, eu certamente continuarei. Demorei muito tempo para encontrar um estilo vocal e uma presença com a qual estou realmente feliz … embora eu seja o meu maior crítico e me esforce ao máximo. Enquanto a fome e paixão para melhorar ainda estiver lá iremos continuar

Hintf: O que acham da vossa evolução como músicos e como banda durante todos esses anos?

Eu disse anteriormente que  provavelmente permiti que o som da banda se desviasse muito  do conceito original … não gostaria de estar num grupo que soasse constantemente da mesma maneira.  Então, permitir que o som evolua, assim como os músicos, é algo de que eu tenho orgulho.

Nem sempre conseguimos, mas tivemos a coragem de pelo menos tentar !!

O actual alinhamento comigo, John Currie (guitarra), Mick Maverick (baixo), Dave Bown (guitarra) e John Coote (bateria) trouxe uma mistura perfeita do som antigo com um toque moderno,  não poderia estar mais feliz com o nosso som.

Hintf: O que vem a seguir para The Faces Of Sarah? Quais são algumas das coisas que vocês ainda querem realizar?

Bem, eu sempre quis fazer sete álbuns com  TFOS,  o novo álbum será o número sete … então essa é uma conquista que eu planeei. Não achei que demoraria 20 anos !!

Há muitos lugares que eu adoraria visitar. EUA, México..Portugal (!) Seria ótimo … muitos lugares onde não estivemos, mas onde ainda adoraria tocar.

Eu tento não fazer muitos planos para TFOS.não quero tentar o destino ..

Hintf: Têm algum concerto planeado para os próximos meses, talvez um em  Portugal?

Estamos a trabalhar num novo álbum agora é onde está o nosso foco principal. Nós vamos tocar  na Alemanha em outubro.

Definitivamente tentaremos organizar um concerto em Portugal .. no próximo ano para o nosso 20º aniversário, talvez? Isso seria algo !!!

Hintf: Por favor, deixem uma mensagem aos nossos leitores …

Muito obrigado pelo vosso apoio ao longo dos anos . significa o mundo para nós ..

Vamos- nos encontrar em Portugal no próximo ano para esse concerto de aniversário eh ??

Tudo de bom para vocês.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*