Overkill

Banda: Overkill

Título: Live in Overhausen

Editora: Nuclear Blast

Data de Lançamento: 18.Maio.2018

Sempre que se tem de fazer a avaliação de um registo ao vivo, surgem algumas dificuldades. Embora estejamos perante uma nova edição, não temos na realidade material novo para avaliar. Pelo menos é o que sucede na maioria das vezes. A avaliação deste tipo de edição recai forçosamente em detalhes mais técnicos, e na escolha das músicas que foram feitas pela banda para o concerto que foi gravado. E, claro, sabemos perfeitamente que as bandas que têm longas carreiras na indústria da música, para colocar um marco num acontecimento importante, acabam por registar e editar uma espécie de Bestof em forma de “Live”.

Posto isto, este Live Album dos Overkill foi gravado na altura da Tour de celebração dos 30 anos do LP “FeelTheFire”, e pelos 25 anos da edição de “Horrorscope” album editado em 91 pela Atlantic. Este show registado em OberHausen, na Alemanha, em 2016, foi algo verdadeiramente exclusivo, e a banda tocou os 2 álbuns na íntegra, acabando por filmar o concerto e editar o mesmo em DVD/BluRay e Vinyl, para os restos dos fãs que se espalham pelo mundo fora.

Uma coisa é certa:o facto de terem optado por dar somente este concerto de celebração deste acontecimento, tornou-o algo único, destacando-se de outros que fazem tournées completas com álbuns a serem tocados na íntegra em todas as datas (o que acaba por ser também uma opção legítima, só que menos exclusiva).

Para quem não pôde assistir a concertos dos Overkill nos últimos anos, este registo ao vivo é sem dúvida uma boa oportunidade para perceber o quão incrível estes músicos soam num ambiente “Live”. Muitas vibrações são transmitidas através de uma excelente produção.Riffs de guitarras bem presentes, solos em destaque, bateria ampla, enfim uma produção muito completa para este registo ao vivo. A banda escolheu tocar primeiro o “Horrorscope” ao que se seguiu o “Feel the Fire”, ficando um Live com 21 músicas bem gravadas, com uma força interessante, o que por vezes é difícil de transmitir ao publico que não esteve presente no evento. Aqui não haverá muita necessidade de retoques, pois nos registos ao vivo, isso acaba por ser sempre uma espécie de necessidade, mas quem conhece o desempenho desta banda ao vivo sabe que, neste caso, não deverá ter sido uma grande realidade. Muita energia, muita força para este “flawless” Trash-Metal destes Norte-americanos. E, pela captação do som do público, pela sua reação, apercebemo-nos muito facilmente da intensidade e da química transmitidas pelos músicos durante a sua atuação. E claro, cereja no topo do bolo, a presença de Bobby “Blitz” Ellsworth, o “Eterno” vocalista dos Overkill, que transforma este set em algo ainda mais grandioso!

Como foi escrito mais acima, os álbuns Live são sempre estranhos de analisar, e acabam por ser hoje em dia algo um pouco “antiquado” devido à quantidade de vídeos que se podem encontrar nas plataformas digitais, e que muitas vezes acabam por dar origem a Bootlegs. Mas a qualidade desta gravação e a intensidade de um Live, bem gravado, bem produzido e de uma banda com muito Punch para dar, acabam por tornar este “Live in OverHausen” um registo importante para os fãs dos Overkill, e não só!

Pontuação: 8,5/10

Por: Julien Valente

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*