Frosttide

Banda: Frosttide

Titulo: Decedents

Editora: Auto editado

Data de lançamento: 18.Maio.2018

Os finlandeses Frosttide nunca desiludem.É sempre entusiasmante ouvir a sua música épica, com uma atmosfera ao estilo de Wintersun mas sem nunca perderem a sua própria identidade. Decedents, como esperado, é outra obra-prima da banda, denotando-se a sua evolução para um som mais escuro e um notável crescimento de Juho a nível vocal.

O EP abre com “Ocean’s Peace”, uma belíssima intro que nos transporta imediatamente para a atmosfera fria característica da banda e flui muito bem com alguns elementos orientais à mistura com magníficas orquestrações.

Inesperadamente, a faixa seguinte, “Tranquility”, de tranquila nada tem.Uma faixa bastante enérgica, com riffs rápidos, trabalho de bateria dinâmico e solos de guitarra e teclado belíssimamente executados por Juho Patinen e Felipe Muñoz, respectivamente, combinado com coros folk. Um excelente começo para este trabalho.

“Carved Into Ice” abre com uma atmosfera assombrada e fria,  as  orquestrações fantasmagóricas aliadas  à voz sussurrante de Juho e riffs pesados combinados com um trabalho de teclas hipnotizante, transportando-nos a um mundo ao estilo de Tim Burton. Mais para a frente a música desenvolve-se num som mais épico, viking folk, com coros masculinos e referências ao mar e navegação. Um destaque neste EP.

“Final Hour” é,sem dúvida, o maior épico deste trabalho, com coros épicos e folk, riffs rápidos e Joonas a dar-nos uma amostra do seu enorme talento na bateria com blast beats frenéticos. Uma música que nos faz querer entrar no calor da batalha.

O EP fecha com “Revenant” , Riffs extremamente rápidos com melodias folk e coros para cantar, excelente maneira de finalizar.

Sem dúvida que a banda dedicou muito esforço a este trabalho, resultando num produto final bem pensado, brilhantemente escrito e coeso, com segmentos de destaque em todas as músicas.

Pontuação: 10/10

Por: Ligia Ferreira

 

______________________________________________________________________

 

Band: Frosttide

Album: Decedents

Label: Self-published

Release Date: 18.May.2018

Finnish metal band Frosttide never disappoints, it´s always exciting listening to their epic music, with a somewhat Wintersun atmosphere, always with Frosttide’s very own identity. Decedents, as expected, is another masterpiece showing the bands evolution into a darker sound and a remarkable improvement in Juho’s vocal skills.

“Ocean’s Peace” opens the EP, a beautiful intro which takes us immediately into the cold atmosphere characteristic of the band. It flows very nicely with some oriental elements mixed with epic orchestrations.

Unexpectedly the next song, “Tranquility”,is a very energetic track  with fast riffs , dynamic drum work and beautifully played guitar and keyboard solos by Juho Patinen and Felipe Muñoz respectively, combined with folk choirs. A nice start into the EP.

“Carved into ice” starts with a haunting cold atmosphere, with its ghostly orchestrations, Juhos whispering vocals, heavy riffs and mesmerizing keyboards taking you into a Tim Burton-esque world.Further the music  develops into a more epic viking folk sound with manly choirs and its sailing references. A highlight in the EP.

“Final Hour” is far from doubt the most epic song in this release with amazing  epic and folk choirs, fast riffing with Joonas showing his skills on drums with frenzied blast beats work. A song that makes you wanna go into battle.

The EP closes with “Revenant”, high speed riffing with folky melodies and sing-along choruses, a great way to end the record.

There’s no doubt the band put a lot of effort and thought into this epic resulting in a well written very cohesive work, with standout segments throughout the whole EP.

Classification: 10/10

By: Ligia Ferreira

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*