Anthrax

Banda: Anthrax

Titulo: “Kings Among Scotland”

Editora: Nuclear Blast Records

Data de Lançamento: 27.Abril.2018

Com uma carreira musical que conta já com a bela soma de 37 intensamente vividos anos de existência, o renomado quinteto nova-iorquino e um dos expoentes máximos da cena thrash metal mundial, Anthrax, brinda os seus inúmeros seguidores e fãs com mais uma pérola a engrossar a sua também extensa lista de registos discográficos editados, entre álbuns de originais, compilações, EP’s e outros formatos.

Desta feita e desde o passado 27 de Abril do corrente, podemos incluir então o recente “Kings Among Scotland”, o álbum captado ao vivo aquando da sua última passagem por terras escocesas e em que literalmente fizeram a terra tremer ante uma atuação avassaladora, perante uma audiência incansável e sôfrega de consumir a energia musical desta instituição da música mais extrema.

O espaço escolhido foi o mítico Barrowland Ballroom, em Glasgow e o título escolhido para registar estas duas horas de atuação de 15 de Fevereiro de 2017, faz plena justiça a ambas as partes, sendo que Reis neste domínio são os Anthrax, assim como Rei será sempre também público (o que mais ordena) e estes comungaram em uníssono do solo pisado e do legado deixado.

Deste disco, assim como da maioria dos registos captado ao vivo, e o que se retira essencialmente, para além da possibilidade de se ouvir ‘ao vivo’ o que por vezes se pode tornar impossível ou difícil pela distância física entre atuantes e ouvintes, é acima de tudo a simbiose entre banda e público. Se a banda se entrega o público exulta e por sua vez se também o público se entregar a banda riposta com o máximo da sua habilidade e arrojo artístico.

Não sendo fácil perceber no imediato esta simbiose ou sinergias criadas, serve o facto de neste “Kings Among Scotland” não se terem incluído temas adicionais ‘repescados’ de outras atuações, mas sim o alinhamento completo escolhido e executado pata essa noite em particular. Ao longo de 2 horas desfilaram 18 temas, entre eles verdadeiros hinos como ‘Madhouse’ – onde se ouve bem o esfusiamento do público; ‘Fight’Em ‘Til You Can’t’, o assombroso e arrepiante ‘Among The Living’ – um dos temas de referência do thrash mundial e claro, o também ‘Caught In AMosh’, onde o chão se expande para que o Mosh e os Circle pits decorram e fluam, numa consequência mais que previsível dos rápidos riffs e estocadas na bateria, motores impulsionadores de uma dinâmica musical que este quinteto construiu ao longo dos tempos.

Para esta edição de colecionador há ainda as opções em vinil de 3 peças e também a opção em vídeo (DVD) que inclui entrevistas, cenas de bastidores, entre tantas outras filmagens captadas em digressão.

Uma verdadeira peça a ter para estreantes na sonoridade destes dinossauros e para quem sempre com saudosismo recordará um ou outro concerto que destes Senhores tenha tido o privilégio de assistir.

De salientar ainda a fantástica pós-produção, em nada se perdeu o sentido do ‘ao vivo’ deste álbum, os retoques são apenas isso, ajustes e afinações na qualidade sonora, contribuindo para enaltecer o rol de 18 canções e o legado que Anthrax deixa para sempre nesta Arte primeva.

Pontuação: 9/10

Por: Paula Antunes

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*