Aurora Borealis

Entrevista Aurora Borealis

Por: Miguel Ribeiro

Hintf: Obrigado por responderem a esta entrevista! Como é que este projecto se formou?

Aurora Borealis começou quando eu me separei da outra banda em que eu estava chamada Lestregus Nosferatus em 1995. Eu queria ir por um caminho diferente. Comecei a procurar novos músicos  na Flórida, onde conheci Tony Laureano (Nilo, Dimmu Borgir, Angelcorpse). E em 1996 gravamos o primeiro MCD “Mansions of Eternity”. O cd  foi gravado misturado e masterizado nos estúdios Morrisound pelo  Scott Burns.

Hintf: Porquê o nome Aurora Borealis?

Eu sempre achei que era diferente de todos os outros nomes que na época que se relacionavam com sangue ou satanás. As luzes são lindas e misteriosas e é como eu me sinto sobre a música que eu escrevo. Sim,black death thrash mas para mim isso é lindo.

Hintf: O que influencia  vossa  música e as letras?

Eu sempre gostei de ler, desde cedo fui influenciado por coisas sobre  história, depois com o passar do tempo mudei para a ficção cientifica. E músicas relacionadas com o espaço. Os últimos três álbuns foram álbuns conceptuais baseados nessas ideias. O meu pai trabalhou para a Nasa toda a sua vida, de modo que os meus pensamentos impactaram em tudo. Ele é muito influente para mim. O seu trabalho eu sempre pensei que era muito importante e ser um miudo em torno de um homem que trabalha na Nasa afecta a tua vida. Nós visitamos a Nasa e vimos satélites e outras coisas nos estágios do edifício durante bastante tempo. Tanto quanto musicalmente fui muito influenciado pelo thrash metal. Muitas bandas da europa, como Sodom, Kreator,muito thrash americano também. Então eu gradualmente mudei para coisas mais death black como Dark Funeral, Setherial, Vader, Carcass, Behemoth, Dark Tranquility,Sentenced antigo. Tanta coisa boa e antiga.

Hintf: Como vocês definem o vosso som?

Nós vamos buscar influências em  todos os géneros. Simplesmente diga  Death/Black/Thrash. Somos semi-tech e abençoados  com muita rapidez. Muita explosão. Algumas pessoas reclamam disso, mas eu não me importo, eu amo explodir. Eu quero cada álbum mais e mais rápido com mais explosões. As outras pessoas têm que aguentar  esse aspecto às vezes.

Hintf: Muitas mudanças de formação?

As únicas mudanças na formação foram na bateria, mas foram as mesmas nos últimos três álbuns. Para o primeiro álbum foi Tony laureano, depois foi Derek Roddy, depois Tim Yeung e agora o Mark Green. Eu pareço ter esses grandes bateristas, mas como esperado, eles passam muito tempo em tour  em bandas maiores. Fora isso, eu e Jason ian Vaughn Eckert no baixo praticamente desde 1998.

Hintf: O vosso  último álbum “World Shapers” foi lançado em 2014,para quando um novo álbum?

O novo álbum deve sair antes de 15 de junho, foi-me dito que nós fomos motivados para um lançamento ainda mais cedo, então espero que seja muito em breve. Duas editoras  diferentes,uma fará vinil e digipack, a outra fará uma edição de cd normal. Chama-se Apokalupsis. Aqui fica uma visão geral do álbum.

Apokalupsis é um álbum conceptual em que nos aventuramos pelo começo de toda a criação até à inevitável guerra apocalíptica. Seu foco principal traz à luz a existência alienígena e o seu propósito entre os seres humanos. O álbum descreve o que eles são, de onde vieram e como manipularam a humanidade. Ele também elabora aqueles vitimados pelo sequestro e por que isso ocorre. Apokalupsis começa com Deus lançando anjos rebeldes do céu. Ao contrário das histórias tradicionais, Deus as envia através do espaço para estrelas criadas para mantê-las cativas. Uma estrela para cada anjo caído, inúmeras estrelas para incontáveis ​​demónios. No coração de cada estrela, há um demónio tentando se libertar e encontrar o caminho para a maior criação de Deus, a humanidade. Em consequência, aqueles que escapam criam grandes explosões solares e terramotos. Ao manipular o tempo espacial através dos buracos de minhoca, sua busca pela vida humana começa. Alguns nunca escapam e depois de bilhões de anos colapsam com as estrelas, para sempre abandonados na solidão eterna. Aqueles que alcançam a terra começam seu engano. Ao longo da história eles assumiram muitas formas com a intenção de construir uma base de fraude; começando com Eva e a serpente no Jardim do Éden. Nos tempos modernos, eles se disfarçam de alienígenas, guiando a vida de grandes governantes (de faraós a reis e presidentes) com a intenção de destruição. Com o tempo, eles revelam o que são e inspiram o Armagedon.

Hintf: Como está a cena do metal em Maryland?

Nada boa, muito poucas bandas boas, mas menos ainda boas bandas death ou black.

Hintf: Definam Aurora Borealis em apenas uma palavra …

Inteligente

Hintf: Quais são os vossos planos para o futuro?

Eu vou promover este álbum, possivelmente fazer um videoclip, muitos vídeos líricos, e ser feliz por ainda existirmos  depois de todo esse tempo. Depois de tudo isso, em algum momento eu vou escrever outro álbum.

Hintf: Gostariam de deixar uma mensagem para os fãs portugueses e os nossos leitores?

Sim. Gostaria de agradecer a todos que lerem esta entrevista e gostaria de encorajar todos os leitores a entrarem em contacto. Nós respondemos a  todas as mensagens. Nós podemos ser contactados em AURORA4DTH@aol.com. Além disso, não deixem de ver o site em www.auroraborealis.org.

Nós temos toda a nossa discografia para download gratuito, além do cd  mais recente, que eu também colocarei depois que o a ligação com a editora terminar. Mais uma vez brigado pela entrevista. Eu aprecio a oportunidade  de podermos fazer novos fãs em zines.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*